Notícias

Empate no clássico

SL Benfica - FC Porto, 1-1 | 2017-04-02 | 01:08

Noite de emoções, noite de clássico na Catedral! O Tricampeão Nacional recebeu esta noite de sábado a formação do FC Porto, numa partida referente à 27.ª jornada da Liga NOS.

E não bastasse já ser o clássico… Com oito rondas por disputar, com um ponto a separar os dois primeiros classificados, um Estádio da Luz a rebentar pelas costuras e um ambiente arrepiante com uma coreografia única… estavam reunidos todos os ingredientes para um enorme espetáculo, e foi!

Entrada à Campeão do Tricampeão e o golo inaugural não tardou! Enorme jogada, Jonas é travado em falta por Felipe, e Carlos Xistra apita para a marca dos 11 metros.

Chamado à conversão, Jonas, em dia de festejar o 33.º aniversário, remata friamente para o fundo das redes à guarda de Casillas. Aos 6’ o Tricampeão colocava-se em vantagem, numa Catedral a viver um ambiente verdadeiramente incrível.

O FC Porto tardou em acertar e apenas aos 19’ surgiu o primeiro remate à baliza de Ederson, ainda que desenquadrado.

Ora, o Benfica dominou por completo até este momento – superioridade total! – a partir daqui os azuis e brancos equilibraram e o jogo aumentou ainda mais de interesse.

Em cima da meia hora, Mitroglou, depois de assistência milimétrica de Rafa, remata à figura de Casillas; aos 38’, enorme defesa de Ederson, na sequência de um livre direto cobrado superiormente por Brahimi.

Já em cima do intervalo (41’), esteve muito perto o 2-0, com Luisão a subir mais alto na sequência de um canto, mas a bola saiu por cima da trave.

Este Benfica merecia mais!

Ao intervalo, 1-0 para o SL Benfica… no reatar, o empate!

Entraram mais acutilantes os azuis e brancos e, aos 49’, depois de uma enorme confusão na área e várias defesas e recargas, eis que surge Maxi Pereira a colocar o resultado em um igual.

Estava relançado o clássico… Aos 60’, Tiquinho surge isolado, mas Ederson resolve; do outro lado, Jonas esteve a milímetros do golo, mas Casillas defende para canto.

Aos 66’, novamente o brasileiro a estar muito perto de dar nova vantagem às águias, mas a redondinha não quis entrar!

Com 64 036 nas bancadas da Catedral, partida intensa, bem disputada, com as duas equipas a darem o tudo por tudo pelos três pontos.

Aos 72’, incrível, com Casillas, a defender miraculosamente duas bolas com selo de golo, primeiro a remate de Mitroglou, depois Jonas… Lance seguinte e nova enorme defesa do espanhol, desta feita após cabeceamento de Luisão.

O Benfica carregava, carregava, agora com o FC Porto a espreitar o contra-ataque… apesar das oportunidades - muita emoção - até ao final o resultado não se alterou. Empate a uma bola.

Com este resultado, o Tricampeão soma 65 pontos (20V5E2D) e mantém a liderança da Liga NOS.

O SL Benfica alinhou de início com Ederson, Nélson Semedo, Luisão, Lindelöf, Eliseu, Samaris, Pizzi, Salvio (Cervi, 69’), Rafa (Carrillo, 87’), Jonas e Mitroglou.

Segue-se mudança de chip… vem aí a 2.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal. Depois da vitória na Amoreira (1-2), é já na próxima quarta-feira que o SL Benfica recebe o Estoril, numa partida agendada para as 20h15, no Estádio da Luz.

O Campeonato Nacional regressa no domingo seguinte, dia 9 de abril, com o Tricampeão a viajar até Moreira de Cónegos para disputar a 28.ª ronda da prova. Esta partida tem início às 20h15.

SA

Fotos: Isabel Cutileiro e João Paulo Trindade / SL Benfica