Notícias

Confirmar o Jamor na Luz

Estoril-SL Benfica, 1-2 | 2017-03-01 | 00:26

Estádio António Coimbra da Mota bem composto para receber a primeira mão da meia-final da Taça de Portugal. O Sport Lisboa e Benfica foi mais forte e venceu o Estoril por 1-2. A segunda mão está agendada para 5 de abril, no Estádio da Luz.

Jogo muito animado na Amoreira, com ambas as equipas a tentarem alvejar a baliza contrária. Postura corajosa do Estoril com pressão alta no meio-campo Benfiquista, que sentiu dificuldades na primeira zona de construção.

A saída pelos corredores foi a solução para levar perigo à área canarinha. Primeira grande oportunidade no pé direito de Rafa aos cinco minutos. Na área, o camisola 27 não conseguiu inaugurar o marcador.

Respondeu o Estoril ao minuto 11. Matheus Oliveira testou a atenção de Júlio César; na reposição de bola, Matheus Índio assustou o guardião brasileiro. O jogo continuou muito disputado a meio-campo e sem flagrantes oportunidades de golo. A exceção chegou ao minuto 35. Zivkovic centrou com peso e medida para Mitroglou, que fez o primeiro. Este é o sexto jogo consecutivo do grego a marcar.

A equipa da casa não se ficou e empatou pouco depois. Eliseu tocou a bola com a mão na grande área, Jorge Ferreira assinalou grande penalidade que Kléber não perdoou. O empate chegava aos 40’.

A seguir, contrariedade para o Benfica. Filipe Augusto obrigado a abandonar o desafio devido a lesão. Pizzi entrou para o seu lugar. Ao intervalo, 1-1. No reatamento, o avançado Kléber esteve muito perto de bater Júlio César e bisar no jogo.

Minutos depois, aos 56’, foi Rafa a ter clamorosa oportunidade de recolocar as águias em vantagem. Nélson Semedo descobriu o avançado na área que rematou de pronto, mas Luís Ribeiro negou-lhe os intentos. O 1-2 voltou a estar perto aos 74 minutos. Cervi cruzou e Mitroglou, de primeira, quase bisou.

Não foi ali, foi aos 89’. Calcanhar de Eliseu a descobrir Cervi que assistiu Mitroglou para o 1-2. No minuto seguinte, Zivkovic na pequena área quase matava a eliminatória. Com este triunfo, o Benfica está na frente da eliminatória e mais perto de garantir a presença no Estádio do Jamor.

O Sport Lisboa e Benfica alinhou com Júlio César; Nélson Semedo, Lindelöf, Jardel, Eliseu; Samaris, Filipe Augusto (Pizzi, 43’), Zivkovic, Carrillo (Raúl Jiménez, 78’); Rafa (Cervi, 67’) e Mitroglou.

Marco Rebelo

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica