Notícias

Mais uma na pasta das arquivadas!

SL Benfica – Estoril, 2-1 | 2017-04-30 | 01:01

Tricampeão vence Estoril com 59 314 nas bancadas da Luz e lidera isolado a Liga NOS. Faltam três finais…

Sábado à Benfica, com o Complexo Desportivo da Luz a ser palco de pura Mística, com Modalidades e Futebol em ação! Sábado à Benfica… e a Família Benfiquista disse presente em apoio ao Clube do coração.

Foram largos milhares... não faltou apoio e também não faltou alegria, com os resultados a serem muito positivos em todas as frentes.

Mas vamos ao Futebol!

Mais uma final para arquivar com sucesso para os comandados de Rui Vitória, com Jonas a regressar ao onze. O Tricampeão tinha apenas um objetivo em mente e cedo essa ambição foi colocada em campo, apesar das oportunidades surgirem mais tarde do que o habitual.

Do outro lado, a equipa de Pedro Emanuel, bem organizada e com as linhas bem montadas, tentando adiar o que acabaria por surgir ao minuto 28…

Antes, aos 16’, Salvio rematou a dar o mote, com o esférico a rasar o poste. Mas vamos então ao minuto 28’… o minuto do golo e da festa nas bancadas da Catedral.

Excelente jogada de Nélson Semedo, o defesa entra na pequena área e sofre falta claríssima de Licá. Bem posicionado, Hugo Miguel aponta para a marca dos onze metros. Na conversão, Jonas, faz o que melhor sabe fazer, remata friamente sem hipóteses para Moreira. 

Kléber respondeu com perigo… mas a partir daqui, e até ao intervalo, só deu Benfica. Cervi, na cara do guardião estorilista, pega mal na bola e vê o esférico a sair por cima; Salvio, depois de assistido por Nélson Semedo, atira ao lado do poste… que desperdício! 

No reatar, e com um 1-0 no marcador, surgiu um Estoril transfigurado, sem nada a perder, perante um Benfica a ter dificuldades em suster o ímpeto atacante dos visitantes. 

Allano, Mano e Kléber testaram Ederson, aos 57’ e aos 58’ foram os ferros a evitar o empate, contudo, em cima da meia hora o 1-1 acabaria mesmo por surgir.

Contra-ataque viperino (59’), com Ailton a isolar Kléber, com o brasileiro, na cara de Ederson a fazer o empate. 

O Tricampeão pareceu surpreendido, mas quando se quer muito e muito se trabalha… Jonas, aos 65’, com um remate portentoso de meia-distância recoloca o Tricampeão novamente na frente. 

O jogo abriu em definitivo, com as duas equipas à procura dos golos… Raúl esteve muito perto de dilatar, aos 77’, mas a redondinha acabou em cima da linha nas mãos de Moreira. 

Em cima dos 80’… que oportunidade! Cervi oferece a Grimaldo, o espanhol atira forte, mas bola acaba nas redes, mas do lado de fora, isto quando os 59 314 presentes nas bancadas da Luz já gritavam golo. 

Até ao final, o resultado não se alterou! Jogo difícil, missão cumprida! 

Com este resultado, o Tricampeão soma 75 pontos e mantém a liderança isolada da Liga NOS. Faltam três finais. 

O SL Benfica alinhou de início com Ederson, Nélson Semedo, Luisão, Lindelöf, Grimaldo, Fejsa, Pizzi, Salvio (Carrillo, 63’), Cervi, Jonas (Filipe Augusto, 76’) e Mitroglou (Raúl, 70’). 

Segue-se a deslocação a Vila do Conde, referente à 32.ª jornada da Liga NOS, agendada para o próximo domingo, dia 7 de maio. O Rio Ave – SL Benfica tem início às 20h15, no Estádio dos Arcos. 

SA

Fotos: Isabel Cutileiro e João Paulo Trindade / SL Benfica