O Benfica e os Jogos Olímpicos

A primeira participação de atletas do Benfica nos Jogos Olímpicos aconteceu em 1928, em Amesterdão.

Em edições anteriores haviam participado duas figuras ligadas à história do Benfica, mas que à data já não tinham um vínculo com o Clube: Francisco Lázaro, que correu a maratona em Estocolmo 1912, e Félix Bermudes, que competiu na modalidade de tiro em Paris 1924.

No total, desde 1928 até 2016, os atletas do Benfica marcaram presença em 17 edições dos Jogos Olímpicos de Verão. O maior contingente “encarnado” coincidiu com a maior representação lusa de sempre, nos Jogos Olímpicos de Barcelona 1992, com um total de 26 atletas em sete modalidades.


›  Projeto Benfica Olímpico
Em 2007, o Benfica reforçou a sua aposta nas modalidades olímpicas com a criação do projeto Benfica Olímpico, que tem por objetivo conjugar esforços para aumentar o número de atletas em representação do Clube no maior evento desportivo do mundo.

O Benfica Olímpico está estruturado de forma a permitir que os atletas envolvidos usufruam de um maior número de valências em vários campos, desde o apoio médico, à nutrição, à prevenção de lesões e à recuperação. O projeto contempla também parcerias com patrocinadores, que podem proporcionar melhores condições aos atletas.

O impacto deste projeto é visível não só no aumento da participação, mas também no aumento das modalidades praticadas. Desde Pequim 2008, as primeiras Olimpíadas a serem abrangidas pelo Benfica Olímpico, até ao Rio 2016, participaram 34 atletas do Clube e estrearam-se as modalidades de judo, triatlo e canoagem.

Equipa do Benfica Olímpico em 2012

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar