10 de julho de 2020, 00h22

Nélson Veríssimo: "Benfica nunca atira a toalha ao chão"

Futebol

O treinador deixou o mote para o que falta da Liga NOS e para a final da Taça de Portugal.

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

O treinador do Benfica, Nélson Veríssimo, analisou o empate (1-1) com o Famalicão na 31.ª jornada da Liga NOS, sublinhou que as águias nunca desistem e avisou que o foco tem de ser jogo a jogo.

Na análise feita ao desafio deixou elogios ao adversário e referiu que a equipa esteve sempre ligada em todos os jogos, antes e depois da retoma do Campeonato Nacional.

Famalicão Benfica 31.ª jornada Liga NOS Futebol

Jogo competente e consistente

"Saímos frustrados pelo resultado. O Famalicão é uma boa equipa, este é um terreno difícil, foi um jogo equilibrado, mas depois de todas as oportunidades que criámos podíamos ter saído daqui com outro resultado. Sofremos o golo na parte final do jogo, mas os nossos jogadores estão de parabéns pelo jogo que fizeram perante uma equipa que está a fazer um excelente campeonato. A equipa fez um jogo muito competente e consistente. Os jogadores dignificaram a camisola do Benfica."

"As equipas conhecem-se muito bem, foi a quarta vez que se encontraram por isso este foi um desafio equilibrado. Em alguns períodos o Famalicão esteve por cima do jogo, noutros períodos fomos nós e as coisas foram decorrendo dessa forma. Temos de sair daqui contentes, não com o resultado, mas com a exibição que acabámos por fazer e pelas oportunidades de golo que conseguimos criar. Parabenizar novamente os jogadores, que tiveram uma atitude muito digna e lutaram sempre pelo resultado."

Famalicão Benfica 31.ª jornada Liga NOS Futebol

Só há um caminho: ganhar!

"Sabemos que só temos um caminho: ganhar! Isto independentemente do que isso possa significar para outras equipas. Vínhamos para fazer mais um jogo e para ganhar. O que se passou nos últimos 15 minutos? Não percebo a questão. Foi um jogo contra uma equipa difícil, em que, em muitos momentos estivemos por cima, e noutros esteve o Famalicão. Não posso dissociar 15 minutos do que foi o jogo."

Famalicão Benfica 31.ª jornada Liga NOS Futebol

Sempre ligados

"Desligar? Não concordo com essa análise. Os jogadores estiveram sempre ligados e cada jogo tem a sua história. Nuns jogos, após a retoma, estivemos por cima em alguns momentos, noutros nem tanto, mas estivemos sempre ligados em todos os jogos, antes e depois da retoma."

"O Benfica nunca atira a toalha ao chão. O que tenho dito desde a antevisão do jogo com o Boavista é que vamos encarar os últimos desafios, jogo a jogo e lutando sempre pela vitória, independentemente do que acontecer com os resultados das outras equipas."

foto

Critérios de seleção do onze inicial

"A escolha do onze obedece a dois critérios. A equipa adversária e a condição física dos jogadores. Esses são os critérios que nos vão levar à escolha do melhor onze. Vinícius e a ligadura num joelho? A ligadura é de prevenção. Não há nada de significativo."

foto

Foco jogo a jogo e... vencer

"O foco tem sido sempre no jogo a jogo. Foi assim com o Boavista, foi assim neste jogo e há de ser no próximo com o V. Guimarães. A seu tempo virá a final da Taça de Portugal. Neste clube só há um caminho e vamos lutar pela vitória nos próximos jogos. A situação não é fácil, há que reconhecer. A história do Benfica obriga-nos a lutar pela vitória em todos os jogos e é isso que vamos fazer."

Texto: Diogo Nascimento e Marco Rebelo

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar