12 de janeiro de 2018, 10h18

Samuel Barata: “Poderei lutar pelo título”

Atletismo

Em entrevista ao jornal o Benfica, o atleta lança o Nacional de Estrada, uma prova onde, este sábado, os encarnados vão tentar alcançar o Hexacampeonato.

O Nacional de Estrada, no sábado, dia 13 de janeiro, abre a época de inverno, numa prova onde a equipa masculina do Benfica vai lutar pelo Hexacampeonato. Em entrevista exclusiva ao jornal O Benfica, Samuel Barata afirma que um dos grandes objetivos é manter a consistência dos bons resultados.

Venceu a São Silvestre de Lisboa na sua estreia na prova. Qual foi a importância desta vitória?

Foi muito bom. É uma das melhores São Silvestres do país e da Europa, por isso só os melhores atletas a conseguem ganhar. A vitória significa que cheguei a um patamar muito bom para a minha carreira.

No sábado, dia 13 de janeiro, realiza-se o Campeonato Nacional de Estrada em Oeiras, no Jamor. Qual o seu objetivo para a prova e como decorreu a preparação?

Tenho treinado muito bem e venho de um bom resultado na São Silvestre de Lisboa. Tenho estado muito bem, consistente no treino e nas competições. Nunca tenho muitos altos e baixos, isso é muito importante para mim e dá-me motivação e confiança para chegar à competição muito bem. Poderei lutar pelo título, mas temos grandes atletas na competição, tanto do Benfica como de outros clubes. A prova é muito seletiva, não é muito plana e tem uma parte final muito rigorosa. Vou fazer o possível para chegar da melhor forma à prova. No ano passado fiquei em terceiro e se melhorar ou fizer igual será excelente.

Em relação a 2018, quais as suas principais metas?

Na fase de inverno temos o Nacional de Estrada, o Corta-Mato Curto e o Corta-Mato Longo. São três competições muito importantes que dão títulos individuais e coletivos. Quero estar muito bem para dar títulos ao Clube. No verão tenho objetivos individuais que passam por melhorar o meu recorde pessoal nos 5000 e 10000 metros. Quero estar presente na Taça dos Clubes Campeões Europeus de Pista. A prova tem atletas muito bons a nível europeu e mundial. Se conseguir chegar lá e ficar no pódio, era muito bom. Tudo também vai depender se for convocado pelo Clube. Nos Nacionais de Pista também quero estar presente e dar o máximo de pontos ao Benfica. Outro objetivo muito grande e individual é o Europeu ao Ar Livre de Berlim, onde quero ser competitivo na distância dos 10 000 metros.

"Quero dar títulos ao clube"

Em 2017 foi Campeão de Portugal nos 5000 m e no Corta-Mato Curto. Foi também o melhor português do ano nos 10 000 m e na Meia-Maratona de Lisboa. Pode-se dizer que este foi o melhor ano da sua carreira?

Sem dúvida. É a prova de que o treino está a ser bem feito. Espero conseguir manter a consistência dos resultados, mas é claro que agora a fasquia está mais alta. Vou trabalhar mais e estar ainda mais focado. Compete em Corta-Mato, em Pista e em Estrada.

Os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 estão no seu horizonte? E qual a distância?

Vou espremer a vertente nos 5000 e nos 10 000 m ao máximo e, se conseguir alcançar a marca de qualificação nessas distâncias, será excelente. Eu gostava de ir aos Jogos Olímpicos e ser competitivo. Pelas provas e testes que tenho feito, sei que o meu corpo é muito parecido com o de um maratonista e poderei ir a Tóquio em 2020 competir na Maratona.

Já representou Portugal em Campeonatos da Europa de Corta-Mato e de Pista. Como vê essas experiências?

Quando vestimos a camisola de Portugal em qualquer distância e em qualquer prova, é espetacular. A pressão de correr no estrangeiro é diferente de correr em Portugal, a competitividade é muito mais forte, porque lá fora estão os melhores atletas de cada país. É muito difícil fazer um bom resultado. Recentemente tenho feito melhores resultados a nível internacional e sinto-me muito bem.

Leia a entrevista na íntegra na edição desta semana do jornal O Benfica.

Entrevista e texto: José Pedro Verças

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar