25 de setembro de 2017, 20h01

À conquista de St. Jakob-Park

Futebol

Os encarnados viajam até à Suíça para defrontar o Basileia, num desafio a contar para a 2.ª ronda da Champions. O jogo é na quarta-feira, dia 27 de setembro, às 19h45.

Treinar e jogar num curto espaço de tempo. É neste contexto que a equipa de futebol profissional tem vindo a trabalhar desde setembro. Com o início da Liga dos Campeões, o calendário tornou-se mais apertado, o que é naturalmente um bom sinal.

O Sport Lisboa e Benfica está em todas as frentes competitivas e a próxima passa já pela deslocação à Suíça, onde irá cumprir a segunda partida na fase de grupos da Champions na presente temporada.

Depois de serem surpreendidos em casa pelos russos do CSKA Moscovo, os encarnados jogam uma importante cartada frente ao Basileia, equipa que entrou também a perder – frente ao Manchester United – no grupo A.

Vai ser o terceiro duelo oficial da história entre os dois emblemas, sendo que o saldo é favorável às águias: uma vitória e um empate. E o triunfo foi precisamente conseguido na condição de visitante, desfecho que seria bem-vindo no próximo dia 27 de setembro, no St. Jakob-Park.

Olhando para os onze escolhidos na altura, há apenas um resistente e do lado encarnado: Luisão capitaneou a equipa nessa partida em 2011.

No que respeita às conquistas, as mudanças foram mais visíveis nas águias, em especial nos últimos anos e em particular com o inédito Tetracampeonato.

O Basileia, por seu lado, prosseguiu com a sua linha vencedora interna. Vem de uma série impressionante de oito campeonatos consecutivos, o que demonstra a sua hegemonia na Suíça e consequente presença assídua na Liga dos Campeões.

Vai ser o terceiro duelo oficial da história entre os dois emblemas

 No atual plantel, o avançado holandês Ricky van Wolfswinkel salta à vista, bem como Blas Riveros, uma das promessas do futebol paraguaio, é outro dos nomes a reter.

Na última partida antes da receção ao Tetracampeão luso, o Basileia venceu o Zurique, por 1-0, e subiu ao 2.º lugar do campeonato suíço.

Oberlin marcou o único golo da partida aos 62 minutos. Com este resultado, o Basileia soma 14 pontos e iguala o Zurique no segundo lugar, mas com vantagem no confronto direto. Ambas as equipas estão a três pontos do líder Young Boys.

Antes, jogou para a taça suíça frente ao FC Chiasso, equipa que está no 4.º lugar da 2.ª divisão, mas a nove pontos dos primeiros, Schaffhausen e Neuchatel Xamax. Apesar desse contexto, o Basileia sentiu dificuldades para ultrapassar a eliminatória. O golo do triunfo surgiu apenas na parte final do segundo tempo e foi apontado por Cedric Itten (83’).

A formação orientada por Rui Vitória chega a esta partida depois de ter jogado para o Campeonato, e ter vencido em casa o Paços de Ferreira, por 2-0, com golos de Cervi e Jonas. As águias estão na luta, aqui, tal como em todas as frentes!

O Basileia-Benfica joga-se na próxima quarta-feira em St. Jakob-Park.

Texto: Rui Manuel Mendes e Sónia Antunes

 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar