30 de novembro de 2017, 17h37

Rui Vitória: “Que os Benfiquistas saiam satisfeitos do Dragão”

Futebol

O treinador do Benfica lançou o clássico com o FC Porto na sala de Imprensa do Estádio da Luz. Conseguir os três pontos é a meta também para dedicar aos adeptos.

Rui Vitória, treinador do Benfica, anteviu o jogo da 13.ª jornada da Liga NOS com o FC Porto – a ter lugar na sexta-feira, às 20h30, no Estádio do Dragão – recusando que haja favorito, mas a pensar em ganhar. 

É o clássico do futebol português com duas grandes equipas, com qualidade, cada uma pode ganhar e as duas vão querer ganhar. Não há favorito neste tipo de jogos. Há uma grande ambição neste tipo de jogos e é assim que vamos ao Porto. Vamos ao Porto para ganhar. Esse objetivo faz parte das duas equipas”, analisou. 

De forma colateral há vários assuntos extra futebol que têm estado na agenda mediática, mas Rui Vitória preferiu valorizar a qualidade individual e coletiva dos dois emblemas. 

“Com estas duas equipas em campo, com a qualidade dos jogadores que vão estar em campo não nos podemos preocupar com outras coisas. A mensagem para os intervenientes no jogo é que desfrutem do jogo e que possam ir bem para casa. Que os Benfiquistas saiam de lá satisfeitos. O adversário tem qualidade, perdeu pontos neste último jogo, mas tem qualidade. Isso é que é importante”, sublinhou. 

Instado a responder se preferia ganhar ou não perder, o técnico foi elucidativo: “Há um jogo em que estão três pontos em disputa. Queremos ganhar, sabendo o que se tem de fazer. Temos de perceber quando podemos atacar, quando temos de sofrer e quando podemos contra-atacar. Não mexe com a nossa forma de pensar. Do outro lado está uma equipa que também nos quer ganhar.”

Um clássico mexe sempre com as emoções de forma distinta de outros jogos, mas a motivação está sempre presente no plantel Benfiquista. 

Um bom resultado num jogo destes é sempre importante. Mas nós motivamo-nos sempre porque estar neste clube é querer ganhar constantemente, é entrar na nossa caixa forte e querer trabalhar para superar as adversidades... Há jogos mais mediáticos, que são interessantes de seguir. Olhando para as épocas anteriores, nunca sabemos quais vão ser os jogos decisivos. Temos de estar preparados para qualquer adversário. Que este FC Porto-Benfica seja um jogo bem disputado, intenso e com incerteza no marcador”, desejou. 

Os azuis e brancos são sempre um emblema complicado de transpor, independentemente do momento em que se encontra na época. Nesta sexta-feira não vai ser diferente. 

“Uma equipa do FC Porto vai ser difícil, é-o sempre. Umas vezes mais próxima, outras mais distante. É um FC Porto que está na frente, tem sido eficaz, que se torna difícil. Vai ser complicado para o Benfica e, naturalmente, para o FC Porto”, considerou. 

Júlio César rescindiu esta semana com o Benfica. Restam Mile Svilar, Varela e Paulo Lopes. Rui Vitória sabe quem vai estar na baliza encarnada, mas não abre o livro. 

“Já sei quem vai jogar, mas não revelo”, disse. 

Sobre a saída do brasileiro, o técnico recusou desvendar a conversa tida com o guarda-redes, mas fez uma revelação: “Essa conversa foi tida com o Júlio César e fica entre nós. Foi uma decisão apresentada pelo jogador. O que há a registar é que foi um enorme jogador que esteve no Benfica, foi um profissional de excelência e vai estar connosco até ao final da época. O facto de ter saído agora, o cacifo fica lá connosco até ao fim da época e se ganharmos títulos vai festejar connosco.

Jonas, na entrevista à RTP, considerou o futebol mostrado pelo FC Porto ser mais apelativo do que o do Sporting. O treinador do Benfica confirmou que isso em nada o incomodou. 

“Nesta última semana deu uma entrevista boa sobre os 100 golos… Não me custa admitir que o FC Porto está na frente, tem mais pontos. Ainda há muito campeonato pela frente, pontos para se conquistar e alguns para se perder. O jogo é entre duas boas equipas”, observou. 

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar