30 de dezembro de 2017, 00h31

Rui Vitória: “Jogadores aproveitaram espaço que demos”

Futebol

Treinador do Benfica deu minutos aos menos utilizados e gostou do que viu apesar do empate a duas bolas com o V. Setúbal na despedida desta edição da Taça da Liga CTT.

Frente ao V. Setúbal, na finalização da campanha na Taça da Liga CTT, o treinador do Benfica, Rui Vitória, colocou de início vários futebolistas com menor utilização na temporada e justificou a razão através do mérito pelo que têm trabalhado. Gostou do que viu, mas lamentou os erros defensivos na primeira parte.

É evidente que queríamos vencer. Trocámos alguns jogadores, mas os que entraram têm qualidade e mereciam. Foi um jogo bem disputado, não fizemos o que queríamos em termos defensivos, que é ser mais eficazes, e sofremos dois golos. No ataque temos de definir melhor as várias bolas que tivemos na área. Na segunda parte reagimos. Alguns jogadores aproveitaram o espaço que lhes demos”, analisou.

O técnico sublinhou que a opção de rodar jogadores é algo feito por todos os treinadores em competições como a Taça da Liga e refutou a possibilidade de estar a pensar no dérbi com o Sporting, da 16.ª jornada da Liga NOS, dia 3 de janeiro, no Estádio da Luz.

Foi para dar oportunidade e ritmo a alguns jogadores de forma a estarem disponíveis para os jogos que aí vêm. Mostrámos entrosamento, mas não podemos dar espaço em termos defensivos. Quem sofre golos desta maneira costuma ser penalizado”, avisou.

O facto de o Benfica já estar eliminado na competição ajudou na decisão de dar ritmo competitivo a futebolistas menos utilizados.

“É uma forma de preparar o próximo jogo da maneira que consideramos ser a correta. Este jogo já não contava, mas esta equipa tinha capacidade de vencer esta partida”, alertou Rui Vitória, que acrescentou: “Quando optei por escolher esta equipa fi-lo porque confiava nestes jogadores para vencer o jogo. O próximo é outro contexto, nada tem a ver uma coisa com a outra.”

A perder por 2-0 ao intervalo, o Benfica apareceu transfigurado na etapa complementar e chegou ao 2-2.

A nossa reação, na segunda parte, foi de alguém que tinha de ir à procura de mudar o marcador. Ao intervalo alertámos para a importância que tinha a concentração, a objetividade e a agressividade, no bom sentido. A equipa reagiu bem, equilibrou o jogo, mas não conseguiu marcar o terceiro golo”, elogiou.

O dérbi é na quarta-feira e o treinador dos encarnados assumiu que não utilizar os habituais titulares na Taça da Liga CTT ajuda na preparação ao embate com o Sporting.

Temos quatro dias para preparar o próximo jogo e vamos fazê-lo de forma diferente do que o faríamos se outros jogadores tivessem estado na partida com o V. Setúbal”, considerou.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar