4 de fevereiro de 2019, 17h21

Evy Pereira: “Jogar bem e ultrapassar mais um adversário”

Futebol feminino

O Benfica tem encontro marcado com o SC União Torreense na quarta-feira, 6 de fevereiro, às 20h00. "Os nossos principais objetivos são o Campeonato e a Taça de Portugal. Estamos a trabalhar para alcançá-los”, enfatizou a avançada.

“Ultrapassar mais um adversário.” É este o grande objetivo da equipa feminina do Benfica para a próxima quarta-feira (6 de fevereiro, às 20h00), dia em que se desloca ao terreno do SC União Torreense.

“Vamos encarar como sempre encarámos todos os jogos. Vamos manter sempre o nosso foco, que é ganhar, jogar bem e ultrapassar mais um adversário”, assegurou Evy Pereira, avançada de 24 anos, em declarações à BTV, projetando a 16.ª jornada da Série D do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão.

“O nosso objetivo passa por ganhar, sim, mas também por jogar bem. Os nossos treinos são muito intensos, trabalhamos com muito empenho diariamente, portanto, os resultados que aparecem nos fins de semana são naturais, são fruto daquilo que fazemos todos os dias nos treinos”, explicou.

Evy Pereira

O encontro com o SC União Torreense encerra a 16.ª jornada da Série D do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão e chega uma semana depois de, na Madeira, as encarnadas terem garantido presença na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal com uma vitória sobre o Marítimo (1-5), um oponente da I Divisão.

“A equipa está bem, estamos numa fase muito boa. O jogo com o Marítimo foi um pouco mais complicado do que os outros, mas conseguimos alcançar o nosso objetivo, que era a vitória e passar à fase seguinte”, lembrou, salientando: “Temos evoluído a cada dia, a equipa tem trabalhado muito desde o começo, empenhadas e focadas naquilo que é o nosso objetivo durante a época toda. Acredito que esta seja a nossa melhor fase.”

Evy Pereira

Os nossos principais objetivos são o Campeonato e a Taça de Portugal. Estamos focadas e empenhadas, a trabalhar para que no fim consigamos alcançar esses objetivos”, enfatizou.

Em outubro, depois de uma fratura no braço esquerdo, Evy Pereira enfrentou uma paragem forçada de quase três meses. Regressada à competição, a avançada de 24 anos lembra o “período difícil” e agradece o apoio de toda a equipa.

“Sinto-me bem. Desde a minha lesão, estive rodeada de profissionais excelentes, que sempre me acompanharam, as minhas colegas sempre me apoiaram. É um período difícil para qualquer atleta, mas staff e equipa técnica sempre me apoiaram, e isso foi muito importante para o meu regresso e para que hoje me sinta bem”, agradeceu.

Evy Pereira

No início de 2018/19 chegou à Luz depois de duas temporadas ao serviço do Valadares. Um salto para o topo que, confessa, ainda não acredita.

“Não há comparação. Costumam dizer que como o Benfica não há nem haverá... Só essa frase explica tudo. Os adeptos são incríveis, não tenho palavras para descrever os Benfiquistas. São diferentes. Um obrigada de coração aos adeptos que nos acompanham e nos apoiam em todo o lado. Também tenho recebido muitas mensagens do povo cabo-verdiano e eu sou muito grata por esse apoio”, afirmou Evy Pereira.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar