7 de junho de 2019, 17h21

Ana Sobral: “Dependemos de nós para subir”

Andebol Feminino

A equipa feminina de andebol pode garantir a subida de divisão nos próximos dias.

A equipa sénior feminina de Andebol do SL Benfica defronta a Academia Andebol SPS no sábado, em S. Pedro do Sul, pelas 16h00, e segunda-feira, feriado, disputa uma autêntica final com o Ílhavo no Pavilhão n.º 2 da Luz, às 17h00.

Em declarações no programa Sport Lisboa e Modalidades, da BTV, a técnica Ana Sobral fez o ponto da situação da tabela classificativa.

“Estão três equipas praticamente com os mesmos pontos, neste momento o ílhavo tem um jogo a mais, mas está a ser uma luta extremamente renhida. Ao fim de tantas jornadas conseguem estar três equipas com os mesmos pontos e com um goal average muito semelhante”, salientou, destacando ainda os benefícios desta disputa para a evolução da modalidade.

“É muito bom pensar que o andebol feminino na segunda divisão tem três equipas a decidir até às últimas jornadas quem é que sobe, acho que para a evolução das jogadoras e do próprio andebol é muito importante. Mas não são só estas três equipas, as outras que estão apuradas para esta fase final também têm jovens com muito valor e apresentam um nível de andebol já bastante bom”, enalteceu.

Ana Sobral

Apesar da terceira posição que atualmente as águias ocupam e de só duas equipas subirem de escalão, duas vitórias frente à Academia Andebol SPS e Ílhavo serão suficientes para garantir a presença na primeira divisão em 2019/20.

Só dependemos de nós para subir, mas temos de ganhar os dois jogos. Se ganharmos no sábado, temos de ganhar ou empatar na segunda. Para sermos campeãs já será mais difícil, pois era preciso o ABC perder algum ponto nestas duas últimas jornadas”, garantiu a Ana Sobral.

A técnica e antiga jogadora das benfiquistas foi uma das mentoras do projeto que no início da temporada idealizou o regresso do andebol feminino ao Clube e revelou que tem sido bastante exigente.

“O objetivo que traçámos esta época era subir de divisão porque queremos que o andebol do Benfica volte a ganhar títulos. Começámos com equipa de juniores e seniores e foi difícil começar tudo de raiz. Em termos de competição, a estruturação de uma equipa num ano é muito complicada e nesta situação foram duas equipas”, finalizou.

Texto: Luís Afonso Guerreiro

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar