4 de outubro de 2018, 19h53

Seferovic: “Feliz por mim, pela equipa e pelos Benfiquistas”

Futebol

O avançado apontou o golo 100 do Benfica na fase de grupos da Liga dos Campeões e revelou o que sentiu após o remate certeiro. Domingo, no clássico, quer voltar a festejar.

Haris Seferovic apontou o golo 100 do Benfica na fase de grupos da Liga dos Campeões e colocou o seu nome na história do Clube. Frente ao AEK – vitória por 2-3 – o internacional suíço inaugurou o marcador no Olímpico de Atenas com um remate de pé esquerdo e permitiu às águias atingirem o número redondo.

“Nunca imaginei, mas fiquei feliz por ter marcado. Fiquei feliz por mim, pela equipa e pelos Benfiquistas. Ganhámos o jogo e, para mim, foi uma honra jogar e poder marcar”, começou por dizer em entrevista à BTV.

“Foi um golo importante, foi o centésimo. Estou feliz por o ter conseguido, mas mais ainda pela vitória. Conseguimos trazer os três pontos para casa”, acrescentou.

“Ficámos satisfeitos pela vitória. Foi muito importante para nós, para os Benfiquistas. É bom vencer na Champions. O mais importante é a equipa. Perdemos e ganhamos como equipa”, admitiu ainda o internacional helvético.

Apesar do frenesim que se vive durante 90 minutos, o suíço conseguiu explicar o lance que terminou com o remate certeiro.

“Consegui aperceber-me do cruzamento do Grimaldo, depois Gedson recebeu a bola e rematou. É preciso estar no sítio certo para rematar e eu estava. Marquei o golo e fiquei feliz”, recordou, adiantando que “foi um bom golo”. “Festejámos o golo todos juntos, como equipa. Ficámos contentes por ter vencido o jogo”, considerou.

Seferovic

Nos últimos golos – Nacional e AEK – Seferovic tem-se dirigido a Svilar e explicou a razão: “Somos muito amigos, somos ambos jovens. Disse-me que, mal voltasse a jogar, iria marcar e assim foi. Desde então temos celebrado sempre da mesma forma. O Alfa [Semedo] também me disse que ia marcar nos primeiros 20 minutos do jogo. Respondi-lhe que esperava que isso acontecesse. Aconteceu! Foi aos seis minutos. Fiquei muito contente por ter marcado o golo que nos deu a vitória.”

Alfa Semedo apontou mesmo o golo da vitória na capital grega. O camisola 14 admitiu que no início não acreditava no remate do colega.

“Estava à espera que ele me fizesse o passe, mas quando vi que ia rematar, pensei: ‘Ok, ele vai rematar’. Tinha criado espaço para receber a bola, mas também para o remate dele à baliza. Fiquei muito feliz por ter marcado, pois tem trabalhado muito. Foi uma boa decisão a de ter rematado”, elogiou.

“Alfa está aqui para lutar por um lugar na equipa e está a fazer um bom trabalho. Fico feliz por o ver dentro de campo e ficámos todos contentes por ter marcado o golo do triunfo”, completou.

O camisola 14 havia marcado o golo 99 da equipa na mesma competição, mas na temporada transata. Frente ao CSKA, no Estádio da Luz, o ponta de lança voltou a inaugurar o marcador com um desvio de pé esquerdo ao primeiro poste após cruzamento de Zivkovic.

Seferovic

A atravessar um bom momento de forma, Seferovic tem sido titular nos últimos jogos, mas sublinhou que o importante é o coletivo.

Vou continuar aqui a ajudar a equipa. Não é importante quem joga, mas sim que a equipa ganhe. Se assim for, estou feliz”, frisou.

No domingo, pelas 17h30, o Estádio da Luz é o palco do clássico da 7.ª jornada da Liga NOS com o FC Porto.

“Estou à espera de dificuldades, mas sabemos o que temos de fazer. Queremos fazer um bom jogo e conquistar os três pontos. Sou avançado e marco contra quem for. FC Porto, Sporting… Quero é marcar e vou dar o meu melhor para fazê-lo no próximo jogo”, vaticinou o atacante.

Esta é uma partida que gera sempre grande entusiasmo junto dos Benfiquistas e o camisola 14 dirigiu-lhes uma mensagem: “Espero que os adeptos venham e o Estádio possa estar cheio. Vai ser um bom jogo para nós e para os adeptos.”

O caminho dos 100 golos encarnados na fase de grupos da Champions começou a ser trilhado por Caniggia, em 1994, frente ao Anderlecht (3-1). Neste momento, o conjunto liderado por Rui Vitória contabiliza 102 golos nesta fase da prova.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar