23 de novembro de 2018, 17h00

Goleador em alta velocidade

Futebol

A todo o gás, Rafa é o melhor marcador do Benfica, com sete golos. O que apontou ao Arouca na noite de quinta-feira foi o primeiro que valeu diretamente uma vitória (e, no caso, apuramento para os oitavos de final da Taça de Portugal).

Decisivo, goleador e a todo o gás: Rafa está num bom momento e os números provam-no. O golo que marcou ao Arouca na Taça de Portugal teve um valor diferente de todos os outros apontados em 2018/19: rendeu a vitória que apurou o Benfica para os oitavos de final da prova.

Entrado para a segunda parte na receção aos arouquenses na noite de quinta-feira – rendeu o regressado Krovinovic ao intervalo –, Rafa mexeu logo com o jogo através da sua velocidade e verticalidade. No lado direito do ataque, colocou dificuldades aos visitantes, e o seu golo acabou por dar o triunfo às águias (90’+3’). Na corrente época, foi a primeira vez que um remate certeiro do internacional luso resultou, diretamente, na vitória da equipa.

Mas este golo obtido no Estádio da Luz tem, ainda, outro significado: foi o sétimo de Rafa em jogos oficiais em 2018/19, o que o coloca como melhor marcador do Benfica na temporada, seguido de perto por Pizzi e Jonas, com seis e cinco golos, respetivamente.

A efetuar a melhor temporada ao serviço dos encarnados, Rafa pulverizou os registos de 2016/17 (dois golos) e 2017/18 (três tentos). Ao longo da carreira, a época mais goleadora foi em Braga, em 2015/16, com 12 golos.

Rafa

Com festejos nas três competições internas (Campeonato Nacional, Taça de Portugal e Taça da Liga), só lhe falta fazer o gosto ao pé na Champions para o pleno. O golo marcado ao Arouca foi o segundo que o 27 apontou depois de sair do banco de suplentes. A primeira vez aconteceu na Madeira, no 0-4 ao Nacional.

Porém, a influência de Rafa no jogo do Benfica não se esgota nos golos. Com 1006 minutos já realizados em 2018/19, é um dos mais utilizados por Rui Vitória e tem correspondido à flor da relva. Diante do Sporting, na 3.ª jornada da Liga NOS, fez a assistência para o cabeceamento certeiro de João Félix. As águias contabilizam 37 golos marcados em jogos oficiais e Rafa teve participação direta em oito deles (22%).

Os números e as exibições de Rafa no Benfica têm merecido atenção por parte do selecionador nacional, Fernando Santos, que o incluiu nas últimas convocatórias de Portugal. O benfiquista foi utilizado nos dois confrontos com a Polónia da Liga das Nações e no particular disputado na Escócia.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar