29 de novembro de 2018, 18h39

Atacar vitória no Dragão

Andebol

Carlos Resende e Ricardo Pesqueira fizeram a antevisão da partida do Benfica diante do FC Porto, marcada para sábado, a contar a para a 12.ª jornada do Campeonato Nacional de andebol.

Ambos com 31 pontos no Campeonato de andebol, Benfica e FC Porto regressam às competições internas depois dos confrontos europeus. Águias e dragões medem forças no sábado, às 18h00, no Dragão Caixa.

No lançamento do clássico referente à 12.ª jornada, Carlos Resende disse esperar um bom jogo entre duas boas equipas.

“Vamos jogar contra uma boa equipa, que nos permite crescer, quer individualmente quer coletivamente. As expectativas não podiam ser melhores. Quer o Benfica quer o FC Porto vêm de jogos exigentes. Reconhecemos a necessidade de ter estes jogos, fazem-nos falta. Colocam-nos muitas dificuldades e permitem-nos crescer. São as melhores coisas que acontecem na nossa modalidade, pois são duas equipas que têm um valor teórico muito elevado”, referiu.

Depois da eliminação da Taça EHF, frente ao Hannover, o técnico encarnado acredita que a defesa recupere os níveis de eficácia.

“Estamos a trabalhar no sentido de voltar àquilo que era normal, desenvolvendo um bom trabalho coletivo. Como técnico, a minha expectativa é que a defesa volte a funcionar exatamente de acordo com aquilo que são as capacidades e competências individuais e coletivas”, finalizou.

Ricardo Pesqueira

Últimos cinco embates

Data Jogo Resultado
2017/18 FC Porto-Benfica 31-26
2017/18 Benfica-FC Porto 34-27
2016/17 FC Porto-Benfica 30-23
2016/17  Benfica-FC Porto 28-25
2015/16 Benfica-FC Porto 28-27

Também Ricardo Pesqueira abordou o momento da equipa após a eliminação da prova europeia.

“Não atingimos um objetivo que tínhamos delineado no início da época, ficamos tristes por não termos demonstrado todo o nosso potencial, de certa forma é algo que também nos fere o orgulho, mas a verdade é que estamos habituados a estes momentos e queremos a vitória frente ao FC Porto para esquecer o que ficou para trás”, disse o pivô das águias, sublinhando igualmente a importância de uma defesa coesa para sair da Cidade Invicta com o triunfo.

“Em qualquer jogo a vitória assenta sempre numa defesa forte e coesa, e não é por acaso que tivemos mais dificuldades nos últimos dois jogos, porque a defesa não esteve ao seu melhor nível. No ataque temos muita qualidade para resolver os problemas que o FC Porto nos irá colocar”, concluiu o atleta.

A partida no Dragão Caixa tem arranque marcado para as 18h00.

Texto: Luís Afonso Guerreiro

Fotos: Francisca Caria / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar