7 de outubro de 2019, 17h47

Raio-X: adversários na ronda principal de qualificação

Futsal

A equipa do Benfica está de regresso à Bélgica para lutar por um lugar na ronda de elite da UEFA Futsal Champions League 2019/20.

A equipa do Benfica ficou integrada no Grupo 2 da ronda principal de qualificação da UEFA Futsal Champions League. Como adversários estão MFC Kherson, Araz Naxçivan e Halle-Gooik. Os jogos das águias disputam-se na Bélgica, tal como há um ano, de 9 a 12 de outubro.

Ao escrever sobre a UEFA Futsal Champions League salta à lembrança o título europeu ganho pelo Benfica em 2009/10. Para as emoções de uma conquista destas voltarem a ser vividas é necessário passar por duas fases antes da decisiva final four.

As águias, lideradas por Joel Rocha, que vêm de um triunfo por goleada na última jornada da Liga Placard, estão prestes a começar a participação em mais uma prova europeia. A dois dias do início da prova, o Site Oficial faz uma análise aos oponentes dos encarnados.

Adversários Benfica

MFC Kherson (Ucrânia)

O primeiro adversário do Benfica nesta ronda de qualificação é o MFC Kherson. Os atuais campeões da Ucrânia defrontam as águias no dia 9 de outubro, às 16h30 (mais uma hora na Bélgica).

A equipa ucraniana está atualmente na 2.ª posição do campeonato nacional, fruto de duas vitórias e um empate. Tem até ao momento 17 golos marcados e seis sofridos, sendo que na presente temporada já disputou a Supertaça, tendo perdido por 0-7 contra o Uragan.

O MFC Kherson, comandado pelo espanhol Javi Rodrigues, tem no seu plantel cinco jogadores internacionais pelas respetivas seleções. São eles: Kyrilo Tsypun (Ucrânia), Petro Shoturma (Ucrânia), Dmytro Sorokin (Ucrânia), Roninho (na foto) e Fumaça (Geórgia).

Adversários Benfica

Araz Naxçivan (Azerbaijão)

No dia 10 de outubro, às 16h30 (hora portuguesa), o Benfica mede forças com a equipa do Araz Naxçivan. O rival está no 1.º lugar da liga de futsal do Azerbaijão, com um pleno de quatro vitórias em quatro jogos. Tem praticamente uma média de 10 golos por jogo, isto porque, em quatro partidas, os comandados de Aléssio Silva somam 39 golos marcados.

Este conjunto conta com a presença de quatro jogadores internacionais pela seleção do Azerbaijão (Ramiz Chovdarov, Eduardo Borges, Rizvan Farzaliyev e Katai Bagirov). Katai Bagirov é, inclusive, o melhor marcador do campeonato com 11 tentos.

Patias

Halle-Gooik (Bélgica)

O último adversário do Benfica no Grupo 2 da ronda principal de qualificação é o Halle-Gooik (12 de outubro, às 19h30). Os campeões em título da Bélgica estão neste momento no 2.º lugar do campeonato.

A principal prova belga tem quatro jornadas realizadas. Nelas, o Halle-Gooik registou três vitórias e uma derrota. Apresenta um total de 17 golos marcados e oito sofridos.

O plantel conta com a presença de uma cara bem conhecida dos adeptos benfiquistas. Alessandro Patias (ex-Benfica) é um dos quatro internacionais que pertencem aos quadros do Halle-Gooik. Os outros são Leonardo, Matteo Cordier e Valentin Dujacquier.

O treinador é um conhecedor puro da equipa belga. Basta recordar que, na temporada 2018/19, Fernandão (ex-internacional pela Espanha e vencedor por duas vezes da UEFA Futsal Champions League) era uma das opções do ex-técnico Juan Fuentes.

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: Redes Sociais de MFC Kherson, Araz Naxçivan e Halle-Gooik

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar