6 de maio de 2020, 15h46

Casas do Benfica na Margem Sul vandalizadas

Clube

Na Charneca de Caparica e em Almada, as fachadas dos espaços foram pintadas de verde com frases insultuosas e de ódio.

As Casas do Benfica na Charneca de Caparica e em Almada foram vandalizadas na última noite. No caso da primeira, é já o quinto episódio de violência neste espaço dedicado a Sócios e adeptos do Glorioso, e acontece quando, seguindo as regras do desconfinamento, as Casas começam a reabrir.

Com frases insultuosas e de ódio, as fachadas das Casas situadas na Margem Sul do Tejo, a primeira até numa das artérias mais movimentadas da freguesia, ficaram pintadas de verde.

"É visível o ódio desta ação, pois é a quinta vez que a nossa Casa [Charneca de Caparica] é vandalizada. Repudiamos todas as formas de violência, porque as Casas são de todos. Porém, percebemos a necessidade de os autores poderem aproveitar o Estudo em Casa, uma vez que não só falta a pontuação correta como também o acento agudo no determinante. Esperamos que nas próximas 296 Casas, com um pouco mais de atenção nas aulas, possam evitar este tipo de erros", lê-se numa publicação no Facebook Oficial das Casas do Benfica, em resposta aos autores de tais atos de vandalismo.

Almada

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar