Hóquei em Patins Feminino

21 abril 2022, 13h02

Maria Sofia Silva

O Benfica tem duplo desafio no fim de semana de 23 e 24 de abril, a contar para a 11.ª e 12.ª jornadas da 2.ª fase do Campeonato Nacional de hóquei em patins feminino. As águias recebem o CACO, às 20h00 de sábado, no Pavilhão Fidelidade (entrada livre). No domingo, há deslocação ao Pavilhão Municipal de Gulpilhares, para jogar às 17h00. Maria Sofia Silva fez a antevisão aos embates.

A quatro jornadas do termo da 2.ª fase do Campeonato Nacional, o Benfica lidera a tabela classificativa com 30 pontos (10 vitórias em 10 jogos). O primeiro desafio, com o CACO (5.º lugar, 13 pontos), coloca as águias em alerta pela experiência do adversário, que luta pela presença nos momentos de decisão; no segundo, frente ao Gulpilhares (7.º lugar, 5 pontos), espera-se uma atitude mais jovem, mas que, em casa, poderá surpreender.

"São duas equipas que nesta 2.ª volta do Campeonato Nacional querem terminar na melhor classificação possível, para conseguirem a posição mais vantajosa nos play-offs. O que as distingue é o fator experiência. A equipa do CACO é mais experiente, enquanto o Gulpilhares se apresenta com uma média de idades mais baixa, sendo que o CACO tem sempre como objetivo estar presente nas grandes decisões e o Gulpilhares é um ainda projeto em crescimento e evolução", detalhou Maria Sofia Silva, em declarações ao Site Oficial, na antevisão à partida.

Maria Sofia Silva

"O planeamento está feito, já sabíamos de antemão que iria ser dessa forma. O Benfica proporciona as melhores condições para momentos como este"

Maria Sofia Silva

Com um dos duelos a ser disputado no Pavilhão Fidelidade (entrada livre), a avançada realçou a importância da presença dos adeptos. Tal como na Luz, Maria Sofia Silva espera o apoio dos Benfiquistas em Gulpilhares.

"No sábado, jogamos em casa, o que é sempre um fator positivo, não só por conhecermos o Pavilhão, como pela presença e força dos nossos adeptos. Já no domingo, temos uma deslocação fora, o que se pode traduzir em dificuldades acrescidas. Ainda assim, acredito que o apoio dos adeptos vai estar presente, tal como nos têm habituado, mesmo fora de portas", realçou.

Uma boa recuperação física entre os dois encontros é fundamental, e a internacional portuguesa considera que o conjunto encarnado tem todas as ferramentas para o conseguir.

"O planeamento está feito, já sabíamos de antemão que iria ser dessa forma. Neste sentido, a carga de treinos, a intensidade e a recuperação estão ajustadas, sendo que o Benfica nos proporciona as melhores condições para momentos como este", finalizou.

Texto: Redação
Fotos: Arquivo / SL Benfica
Última atualização: 21 de abril de 2022

Patrocinadores Hóquei


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar