Futebol

21 agosto 2018, 23h51

Rui Vitória, treinador do Benfica

O empate do Benfica (1-1) na receção ao PAOK na primeira mão do play-off da Liga dos Campeões "foi um resultado penalizador", na ótica do treinador Rui Vitória. "Não reflete a verdade do jogo, não corresponde àquilo que foi o valor das equipas", acrescentou.

"O guarda-redes do PAOK fez umas sete defesas", constatou Rui Vitória, revelando que as águias estão confiantes e otimistas para a segunda mão. "Somos uma equipa muito personalizada, que impõe a sua forma de jogar em qualquer campo. É o que vamos fazer na Grécia. Vamos lá com o objetivo claro de ganhar e passar esta eliminatória", afirmou.

CHANCES E MAIS CHANCES DE GOLO

"O resultado da eliminatória está em aberto. Na primeira parte criámos oportunidades em número suficiente para fazer mais do que um golo. No segundo tempo voltámos a ter o controlo da partida, com o adversário a sentir dificuldades para suster o nosso caudal nos três corredores. Quem fez um jogo como fizemos na primeira mão, só tem de acreditar nas suas capacidades. Isto ainda não acabou. Fizemos um bom jogo, criámos oportunidades em número suficiente para finalizar, não fomos eficazes. Foi um resultado penalizador para nós, não reflete a verdade do jogo, não corresponde àquilo que foi o valor das equipas neste jogo."

FINALIZAÇÃO: O MAIOR PECADO?

"Sim. O guarda-redes do PAOK fez umas sete defesas! Sinto alguma mágoa, até pela qualidade da minha equipa, pelas dinâmicas que tivemos, porque fizemos um conjunto de jogadas muito bem delineadas, partindo muitas vezes sob pressão do adversário, procurando o espaço livre, percorrendo os corredores, conseguindo entrar com jogadores na área, que depois não materializámos em golo. Os meus jogadores mereciam os golos. A finalização é que embeleza tudo. Se tivermos metade destas bolas lá e formos 50 por cento eficazes, ganhamos o jogo."

Agradecimentos

A SEGUNDA MÃO

"Na Liga dos Campeões, é fundamental ter índices de aproveitamento elevados. Depois, o adversário foi lá uma vez e foi bafejado pela sorte. É a diferença entre a bola bater no poste e sair ou bater no poste e entrar. Poderemos marcar lá. Fizemos um jogo bem conseguido. Há tristeza e amargura por não termos ganhado, mas também uma grande dose de otimismo porque quem fez o que fizemos merece passar. Há confiança e a manifestação dos Benfiquistas no fim do jogo é reveladora. Ainda não acabou, podem contar connosco. Somos uma equipa muito personalizada, que impõe a sua forma de jogar em qualquer campo. É o que vamos fazer na Grécia. Vamos lá com o objetivo claro de ganhar e passar esta eliminatória."

ENTRADA DE JOÃO FÉLIX

"Na única bola em que o PAOK foi à nossa baliza na segunda parte... Estávamos a ganhar e a controlar a partida. Tivemos mais bolas na segunda parte para finalizar. O meu pensamento era refrescar a lateral esquerda e acrescentar um jogador com mais definição como o João Félix, que a qualquer momento pode ter um lance de perigo e criar um golo. Um golo a partir de uma bola parada do PAOK, naquele momento, foi demasiado penalizador para o que fizemos. Fomos a melhor equipa, tivemos muita personalidade, dinâmica, procurámos os corredores, tivemos bolas suficientes para fazer golo. Não fomos eficazes. Isto ainda não acabou. Vamos à Grécia com grande vontade."

Benfica-PAOK

A AUSÊNCIA DE SALVIO

"Salvio teve uma indisposição que acabou por limitá-lo. Teve dificuldades, não estava em condições e tivemos de alterar. Mas o Zivkovic entrou e deu uma boa resposta, tal como o Rafa quando foi lançado durante a segunda parte."

OBJETIVO IMEDIATO

"O objetivo agora é ganhar ao Sporting [no sábado]. É jogo a jogo. A partir de manhã [quarta-feira] vamos já pensar no jogo com o Sporting e depois, com novas energias, pensaremos no jogo da Grécia. Com pouco descanso, mas passo a passo. Já com Jonas? Vamos ver a evolução que vai ter. É prematuro falar sobre isso."

Texto: João Sanches

Fotos: Isabel Cutileiro e João Paulo Trindade / SL Benfica

Última atualização: 7 de fevereiro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar