15 de julho de 2020, 09h45

Benfica Campus: a melhor academia da última década

Futebol

Estudo da plataforma Football Talent Scout conclui que o Benfica foi o clube que mais e melhores jogadores produziu entre 2010 e 2020.

Um estudo global da plataforma Football Talent Scout destaca o Benfica Campus, coração do Futebol do Clube, como a melhor academia da última década!

A poucos meses de completar 14 anos de vida – foi inaugurado em 22 de setembro de 2006 –, o Benfica Campus continua a dar que falar e anda nas bocas do mundo.

Muita coisa mudou ao longo dos anos, mas o conceito-chave, o desejo de excelência e o sonho, esses, permanecem inalterados, bem como a constante evolução ao nível das instalações, emprego de tecnologia de ponta. Tudo isto, aliado às condições humanas de excelência, são aspetos que se constituem como alguns dos segredos do sucesso.

joao-felix-1-new_thumbnail

Ora, neste mês de julho a plataforma Football Talent Scout (FTS) publicou um estudo que coloca o Benfica Campus como líder das melhores academias nos últimos dez anos (2010-2020).

Esta avaliação tem por base critérios como a quantidade e a qualidade dos futebolistas formados por cada clube no período em análise. A seleção de valores incide em jogadores nascidos em ou depois de 1990, entrados no clube até aos 17 anos, que tenham representado o mesmo durante três épocas antes de completarem 20 anos e que se tenham estreado no futebol profissional.

Ilustrando o porquê de o Benfica Campus comandar esta tabela à frente de outros colossos europeus no que toca à formação (o Ajax ocupa a 5.ª posição e o Barcelona a 6.ª, por exemplo), são apontados nomes de 28 jogadores que cumprem os requisitos em que a avaliação assenta.

TOP 15 – Estudo FTS

Football Talent Scout

A lista do estudo FTS é encabeçada por Bernardo Silva, seguindo-se um misto de atletas que já rumaram para outras paragens e outros que pontificam na equipa A do Clube, e outros ainda na sua Formação. Ederson, João Cancelo, André Gomes, Nélson Semedo, Gonçalo Guedes, Rúben Dias, Florentino, Renato Sanches, Rony Lopes, Jota, Gedson Fernandes, Ricardo Horta, Tomás Tavares, Nuno Tavares, Buta, Hélder Costa, João Carvalho, Diogo Gonçalves, Ivan Cavaleiro, André Horta, Nélson Oliveira, Roderick Miranda, Paulo Bernardo, Rafael Brito, Ronaldo Camará e Umaro Embaló, com a maior venda de sempre e vencedor do Golden Boy 2019João Félix, a marcar obviamente presença.

O objetivo é claro desde o início: detetar, formar, desenvolver e projetar talento. Em dezembro de 2019, recorde-se, o Benfica foi distinguido com o prémio de melhor escola de formação do mundo ("Best Academy of the Year") na 11.ª gala dos Globe Soccer Awards, no Dubai. Pela segunda vez em quatro anos – e nesta em conjunto com o Ajax (Holanda) – o Clube ganhou o galardão mundial que reconhece a alta qualidade na formação de talentos no Benfica Campus.

Visita dos jornalistas ao CFC

O facto de o Sport Lisboa Benfica ser recorrentemente o emblema mais representado nas convocatórias dos diferentes escalões da Seleção Nacional é outro aspeto sintomático da chancela de qualidade do Benfica Campus, que, recorde-se, tem sido objeto de estudo e de reportagens por parte dos mais variados meios de comunicação internacionais.

Texto: Sónia Antunes

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar