14 de abril de 2019, 23h08

Um grande 81!

Futebol

O Benfica venceu o V. Setúbal na 29.ª jornada e ultrapassou as oito dezenas de golos na Liga NOS, mantendo-se firme no comando. Faltam cinco finais!

Rafa (por duas vezes), João Félix e Seferovic deixaram marcas nas redes do V. Setúbal e deram vida ao triunfo do líder Benfica (4-2) na 29.ª jornada da Liga NOS. As águias já apontaram 81 golos nesta prova (melhor ataque), 50 dos quais em 14 jogos sob o comando de Bruno Lage (13 vitórias e um empate). Faltam cinco finais!

RESUMO DO JOGO

Uma entrada fortíssima levou o Benfica à posição de vantagem logo aos 2'. Desde o pontapé de saída até se encaixar nas redes sadinas, a bola só passou pelos pés dos jogadores do Benfica: viajou do meio para a direita, da direita para a esquerda e novamente da esquerda para a direita, ficando então ao alcance de João Félix e a jeito para ser colocada no meio da área, onde Rafa, todo no ar, com um sensacional desvio com o calcanhar direito, apontou o 1-0. Um golo que a equipa fez questão de dedicar a Fernando Ferreira, treinador de guarda-redes.

Foram 26 passes até ao golo (!!!), realçou a plataforma GoalPoint.

Marcado o primeiro, os encarnados quiseram o segundo. João Félix, depois de uma excelente iniciativa a rasgar pelo corredor central, rondou o 2-0 aos 12'. Aos 26', depois de uma arrancada de Pizzi pelo flanco direito, João Félix disparou duas vezes no interior da grande área e a segunda tentativa foi intercetada em falta por Rúben Micael (braço da bola).

Rui Costa não apontou imediatamente para a marca dos onze metros, o videoárbitro teve de intervir e, depois de rever as imagens do lance, o juiz da AF Porto não teve dúvidas e determinou o castigo máximo (28'). Investido da responsabilidade de cobrar o pontapé de penálti, Pizzi avançou, rematou, mas Makaridze conseguiu defender (29').

As águias criavam oportunidades, e João Félix, num cabeceamento ao segundo poste, quase aproveitava o cruzamento de Pizzi na direita.

Não foi aos 34', foi aos 36' que os encarnados faturaram o 2-0: João Félix, rápido a pressionar, recuperou a bola à saída da área setubalense, tocando no momento seguinte para a esquerda, com Rafa a receber e a chutar cruzado para o golo, o seu 12.º nesta edição da Liga NOS (e 6.ª assistência de João Félix na prova).

Perto do intervalo (39'), os sadinos construíram um ataque pela direita, colocaram depois a bola no corredor central e, recebendo um passe curto de Rúben Micael, Nuno Valente rematou de pé esquerdo para o 2-1.

Dominador, o Benfica alcançou o 3-1 aos 56'. Após intervenção decisiva de Florentino, que se esticou para intercetar a bola no espaço ofensivo e logo colocou a sua equipa em ataque, Pizzi entrou pela direita e cruzou para o disparo de primeira de João Félix no meio da área, rubricando um belíssimo golo (para juntar a duas assistências neste encontro...) que dedicou ao irmão, Hugo Félix. 

Foi o 11.º golo do camisola 79 no Campeonato e a 16.ª assistência de Pizzi só nesta competição!

As águias controlaram, atacaram (Rafa, aos 59', pareceu ter sido tocado em falta por Vasco Fernandes na área sadina, mas Rui Costa entendeu de forma diferente), tiveram bola e geriram os ritmos da partida perante um adversário que nunca se entregou e que fez o possível para chegar à área de Odysseas (nomeadamente em ataques rápidos).

A superioridade benfiquista, no entanto, teve mais um momento de confirmação: aos 77', Rafa picou a bola (assistência) sobre a linha defensiva sadina e Seferovic, descaído para a direita da área, finalizou com um remate cruzado de pé esquerdo (4-1).

O camisola 14 das águias, melhor marcador da Liga NOS, apontava o seu 19.º golo na prova. E foi também o 50.º remate certeiro da equipa no Campeonato em 14 jogos sob o comando de Bruno Lage

Muito perto do fim, um lance entre Rúben Dias e Vasco Fernandes no interior da grande área do Benfica foi revisto por Rui Costa após indicação do videoárbitro. O juiz da partida decidiu então assinalar pontapé de penálti para os sadinos, que reduziram para o 4-2 final por intermédio de Cadiz.

Texto: João Sanches

Fotos: Isabel Cutileiro e João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar