14 de abril de 2019, 17h32

Meia dúzia de golos encarnados selaram a vitória

Futsal

A equipa do Benfica venceu a formação do Rio Ave na 25.ª e penúltima jornada da fase regular da Liga Sport Zone.

O Benfica recebeu e goleou a formação do Rio Ave por 6-2 no Pavilhão n.º 2 da Luz, em jogo relativo à 25.ª jornada da Liga Sport Zone. Com este triunfo as águias somam 72 pontos e partem para a última jornada da fase regular no 1.º lugar da classificação.

RESUMO DO JOGO

Os minutos iniciais revelaram uma equipa do Benfica com um forte pendor ofensivo. Os comandados de Joel Rocha, que queriam alcançar rapidamente o primeiro golo, chegaram perto da baliza defendida por Barradas, mas sem conseguir visar as redes adversárias. 

[GOLO: 0-1]: Contra a corrente do jogo, o Rio Ave inaugurou o marcador. Depois de uma rápida jogada de contra-ataque, Simas fintou Cristiano e encostou para o fundo da baliza.

[GOLO: 1-1]: O empate surgiu aos 8', Chaguinha estava no sítio certo para fazer a recarga ao remate de Bruno Coelho. A defesa incompleta de Barradas permitiu ao camisola 2 das águias rematar a contar.

Jogo de parada e resposta no Pavilhão n.º 2 da Luz com o Rio Ave a colocar-se novamente na dianteira um minuto depois. 

[GOLO: 1-2]: Depois de um lançamento longo do guarda-redes, Fredy "penteou" o esférico e enganou o guardião encarnado.

O Benfica voltou a subir as linhas e remeteu o Rio Ave à sua zona defensiva. Jogo de paciência com a bola a circular de um flanco para o outro à espera do momento certo para marcar. 

[GOLO: 2-2]: Fernandinho fez o empate para as águias aos 16'. Depois de uma jogada individual de Robinho pelo lado direito, o camisola 18 das águias só teve de tocar para o fundo das redes.

Depois de tanto atacar, o Benfica conseguiu mesmo chegar à dianteira do marcador pela primeira vez no desafio.

[GOLO: 3-2]: André Coelho recuperou, levantou a cabeça, correu, ultrapassou vários adversários, percebeu a desmarcação do colega de equipa e colocou em Miguel Ângelo, que, com muito mérito, apareceu no local certo para colocar as águias na frente do marcador.

[GOLO: 4-2]: Miguel Ângelo bisou aos 19'. Bruno Coelho, na marcação de um canto, levantou a bola para o camisola 21 dos encarnados, que não deixou o esférico bater na quadra e rematou de primeira.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Na 2.ª parte a toada do jogo manteve-se. Muito Benfica para um Rio Ave remetido à defesa e a procurar sair em contra-ataque.

Fernandinho esteve muito perto de fazer o quinto golo das águias. Rafael Henmi trabalhou bem na esquerda e colocou a bola no segundo poste. O camisola 18 rematou, mas o esférico bateu com estrondo no ferro da baliza à guarda de Barradas.

Benfica-Rio Ave

Os minutos foram passando e os comandados de Joel Rocha iam controlando as operações. Os vila-condenses raramente conseguiam incomodar Cristiano, e o Benfica, sem ter necessidade de acelerar o seu jogo, ia chegando com perigo à baliza adversária.

A dez minutos do término da partida, Henrique Passos (treinador do Rio Ave) decidiu apostar no 5x4, com o objetivo de se aproximar das águias no marcador.

[GOLO: 5-2]: Bruno Coelho, na marcação de um livre de 10 metros, fez o quinto golo das águias.

[GOLO: 6-2]: O Rio Ave arriscou e Chaguinha aproveitou. O ala encarnado recebeu a bola aos 39' e rematou rasteiro para o golo. Simas, jogador de campo, em cima da linha de baliza, não conseguiu evitar o sexto do Benfica.

Até ao fim o marcador não mais se alterou e o Benfica conquistou os três pontos, enquanto o Rio Ave caiu para a 2.ª divisão. Resultado final: 6-2.

Na próxima jornada (26.ª), as águias deslocam-se ao Minho para enfrentar a formação do SC Braga na última partida da fase regular da Liga Sport Zone.

Cinco inicial do Benfica: Cristiano, Fábio Cecílio, Robinho, Rafael Henmi e Miguel Ângelo.

Benfica-Rio Ave

"O nosso objetivo mantém-se"

Joel Rocha (treinador do Benfica): "O desporto não está concebido para nos assustarmos, muito menos com golos sofridos ou golos marcados. Quando nós marcamos também não ficamos eufóricos, transcendentes e deixamos de fazer aquilo que treinamos, assim como quando sofremos. A verdade é que os golos sofridos aumentam o nosso nível de alerta e isso levou a que na 1.ª parte o ritmo que nós tivemos de imprimir ao jogo se traduzisse depois na vantagem que estava ao intervalo. Na 2.ª parte abusámos em demasia do controlo em vez da objetividade, se bem que tivemos algumas situações para finalizar, mas penso que a vitória é totalmente justa da equipa que mais controlou, mais dominou, mais situações de finalização teve e foram três pontos bem entregues. Na primeira jornada o objetivo do Benfica era acabar a fase regular em 1.º lugar, à 26.ª jornada o objetivo mantém-se independentemente de quem são os adversários, os jogos e os resultados."

Chaguinha (ala do Benfica): "Sabíamos que ia ser um jogo muito difícil, o Rio Ave tem feito boas exibições nos últimos desafios, mas estivemos concentrados, sabíamos o que tínhamos de fazer e conseguimos um resultado positivo. O campeonato está muito disputado e pretendemos terminar em 1.º para dar essa alegria aos nossos adeptos que merecem."

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar