20 de abril de 2019, 21h20

Raça e querer deixam o Benfica mais perto do título

Voleibol

O Benfica venceu o eterno rival (Sporting) no terceiro jogo (3-2) e colocou-se em vantagem na final do Campeonato Nacional de Voleibol.

Jogo de emoções fortes no Pavilhão n.º 2 da Luz! A equipa do Benfica, comandada por Marcel Matz, o Sporting por 3-2 e colocou-se em vantagem (2-1) na final do Campeonato Nacional de voleibol.

RESUMO DO JOGO

Início fulgurante das águias no terceiro jogo da final do Campeonato Nacional. Fortes no serviço, os comandados de Marcel Matz iam demonstrando toda a sua qualidade, conseguindo cavar uma diferença de três pontos no 1.º set (10-7).

Num Pavilhão n.º 2 da Luz lotado, o Sporting conseguiu equilibrar a partida, aproximou-se das águias no marcador, mas Theo e Zelão voltaram a colocar os encarnados com dois pontos de vantagem (17-15).

Receções de qualidade e segurança no remate foram alguns dos pontos fortes que permitiram ao Benfica impor-se ao Sporting e vencer o 1.º set por 25-20.

RESUMO DO 1.º SET

A entrada forte dos leões no 2.º set era espelhada pelo painel eletrónico do Pavilhão n.º 2 da Luz (3-6). O público ia fazendo o seu papel, tornando-se efetivamente o 7.º jogador do lado das águias, e o Benfica aproveitava para se aproximar dos verdes e brancos (7-8).

O Benfica não conseguia colocar o serviço com agressividade neste set e o Sporting aproveitou para se distanciar no marcador (14-19). Rapha, aconselhado por Marcel Matz, colocou potência no disparo e as águias conquistaram dois pontos consecutivos. Apesar dos esforços efetuados pelos encarnados, os leões acabaram mesmo por vencer o 2.º set por 22-25.

RESUMO DO 2.º SET

Ivo Casas pediu o apoio e os adeptos responderam! O Benfica entrou bem no 3.º set e colocou-se em vantagem (6-4).

Grande equilíbrio num jogo de parada e resposta. Após o ímpeto encarnado, os leões voltaram a crescer na partida e igualaram o marcador (9-9). A formação de Marcel Matz não se intimidou e Zelão fez um bloco de levantar o pavilhão, colocando o Benfica novamente com três pontos de vantagem (12-9). 

Os verdes e brancos voltaram a aproximar-se no marcador, muito por culpa de alguns erros cometidos pelos jogadores encarnados. Apesar disso, as águias foram a primeira equipa a chegar aos 20 pontos (20-18). O Benfica não segurou a vantagem, o Sporting aproveitou e venceu o 3.º set por 23-25.

RESUMO DO 3.º SET

A toada de jogo manteve-se, o Benfica iniciou mais forte e o Sporting, aos poucos, conseguiu recuperar. Ivo Casas, fulcral nas receções, foi um dos melhores na partida, permitindo às águias manterem-se na dianteira no 4.º set (11-9). Melhor momento das águias na partida conseguindo colocar no painel eletrónico um resultado de (16-10).

Hugo Silva, treinador do Sporting, pediu desconto de tempo, situação recorrente logo que os encarnados se encontravam por cima da partida. Os comandados de Marcel Matz geriram a vantagem conquistada e selaram o 4.º set: 25-15

RESUMO DO 4.º SET

No 5.º e decisivo set, as águias entraram em desvantagem (3-4), os serviços de Theo e de Rapha não encontraram o interior da quadra. As águias reagiram e rapidamente se aproximaram dos leões (6-7).

O Benfica foi mais forte, mais experiente e mais capaz para levar a negra de vencida. Resultado do 5.º set: 15-10.

Formação inicial do Benfica: Rapha, Zelão, Wohlfi, Winters, Tiago Violas, Theo Lopes e Ivo Casas.

Marcel Matz e equipa do Benfica

"Ainda não está nada decidido"

Marcel Matz (treinador do Benfica): "É importante que os adeptos venham e que participem no jogo. Foi um pedido meu, eu próprio falei com os meus jogadores e expliquei que é importante saber jogar com os adeptos. Este foi um jogo muito mais equilibrado, a expectativa já era esta desde o início da final e acho que o próximo jogo lá [Pavilhão João Rocha] vai ser muito complicado. Ainda não está nada decidido, o Sporting hoje entrou aqui com tudo, aproveitou as nossas falhas, mas nós conseguimos adaptar-nos. Este era um jogo-chave na eliminatória, tratámos este jogo com grande importância e, apesar de não ter sido decisivo, foi importante para darmos a volta à eliminatória. Agora vamos tentar vencer o título lá. Temos essa hipótese, não vai ser fácil, mas vamos lá para conquistar o Campeonato."

Marc Honoré (central do Benfica): "Antes de mais quero agradecer aos adeptos que compareceram, sendo este um fim de semana de Páscoa. Esta vitória foi muito importante, foi um jogo-chave, a nossa equipa jogou bem, lutámos até ao fim e saímos com a vitória."

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar