28 de abril de 2019, 20h27

Iceberg Benfica

Futebol

Avassalador no segundo tempo do duelo no Minho, o conjunto liderado por Bruno Lage carregou sobre o Braga e virou o resultado (de 1-0 para 1-4) na 31.ª jornada da Liga NOS.

Nos momentos-chave do desafio da 31.ª jornada da Liga NOS, o Benfica foi um verdadeiro iceberg. Perante o Braga, virou de 1-0 para 1-4 com uma segunda parte fulminante, ganhou e fortaleceu a sua posição de comandante, agora com dois pontos de vantagem. Faltam três finais! 

RESUMO DO JOGO

O equilíbrio de forças foi evidente na etapa inicial do jogo, mas coube ao Benfica criar o primeiro momento de agitação em consequência de uma arrancada de Rafa pelo corredor direito, com o camisola 27 a optar pelo remate aos 3'.

À falta de oportunidades claras, as equipas tentavam aproveitar espaços à entrada da área para armar pontapés de meia distância. João Félix (14') e Rafa (21'), pelas águias, Paulinho (8') e Fransérgio (27'), pelos arsenalistas, foram intérpretes de execuções ameaçadoras, mas nenhum dos tiros foi direto à baliza.

[GOLO: 1-0]

O lance que originou a definição do resultado no primeiro tempo aconteceu aos 32': Fransérgio rompeu pelo corredor central, conseguiu entrar na área do Benfica e depois, no despique com Rúben Dias, caiu no relvado, com o árbitro Tiago Martins a considerar faltosa a intervenção do central dos encarnados. Na conversão do pontapé de penálti, Wilson Eduardo chutou para a esquerda, Odysseas estirou-se, mas a bola rolou para dentro da baliza (1-0).

Pronta reação do Benfica e várias aproximações à grande área bracarense. Após um tiro de Seferovic contra a muralha arsenalista (40'), André Almeida recebeu um passe de Rafa (44') e disparou de fora da área com muito perigo, fazendo a bola passar perto do poste esquerdo.

Para a segunda parte estava guardada a melhor das respostas, com um Benfica poderoso, imponente, pressionante e arrasador, do início ao fim. Empurrando o Braga para a sua zona defensiva, as águias acertaram no poste esquerdo aos 52' num remate de João Félix, após toque curto de Rafa na área, no aproveitamento de um passe de Samaris por cima da cortina arsenalista.

[GOLO: 1-1]

O ferro adiou o inevitável: o primeiro golo do Benfica (1-1) foi apontado por Pizzi na cobrança de um pontapé de penálti (59') a castigar falta de Esgaio sobre João Félix (56').

[GOLO: 1-2]

Foi o 11.º golo do camisola 21, que, após braço de Bruno Viana na bola (64'), voltaria à marca dos 11 metros aos 66'. Imperturbável, enganou novamente o guarda-redes Tiago Sá (1-2) e assinou o seu 12.º golo neste Campeonato.

Os encarnados mandavam no jogo, não levantavam o pé, queriam mais... e conseguiram. Aos 69', no seguimento de um canto batido por Pizzi no lado esquerdo (18.ª assistência na Liga NOS 2018/19), Rúben Dias voou no coração da área e cabeceou para o 1-3.

[GOLO: 1-3]

O central anotou o seu 3.º golo nesta edição do Campeonato, o 4.º na época, e igualou o registo global de 2017/18, enquanto Pizzi disparou para a liderança do ranking de jogador mais influente na prova, com participação direta em 30 golos.

O Benfica não autorizava a reação do Braga e, com total controlo, esteve sempre mais perto de alargar o seu pecúlio na partida. João Félix e Rafa, no mesmo lance (82'), viram as suas tentativas ser travadas pelo guarda-redes Tiago Sá.

[GOLO: 1-4]

E o 1-4 surgiu mesmo, aos 90': Seferovic isolou-se, rematou e Tiago Sá defendeu; Rafa, na insistência, roubou a bola a Pablo, serpenteou por entre uma série de adversários e chutou para as redes.

Os encarnados chegaram aos 91 golos no Campeonato, sendo esta a primeira vez que ultrapassaram as nove dezenas após 31 jornadas, segundo a plataforma Playmakerstats. Alargando a análise, o Benfica já tem 128 golos faturados em 2018/19, algo que não conseguia há 54 anos (desde 1964/65), segundo a mesma fonte.

Desconto Camisolas Adidas Benfica

No minicampeonato dos quatro grandes, o Benfica foi o melhor: 16 pontos em 18 possíveis nos duelos com FC Porto, Sporting e Braga. Mais: desde 1990/91 (há 28 anos!) que as águias não venciam nas Antas, em Alvalade e no Minho no mesmo Campeonato!

Texto: João Sanches

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar