15 de junho de 2019, 18h03

Sub-19 sagram-se Campeãs Nacionais

Futebol feminino

O Benfica venceu o SC Braga, por 0-2, no jogo da 2.ª mão da final do Campeonato Nacional de Juniores Femininos e levou o troféu para casa.

A equipa de Juniores de futebol feminino do Benfica sagrou-se, neste sábado, Campeã Nacional depois virar a eliminatória e ultrapassar o SC Braga, por 0-2, na 2.ª mão da final do Campeonato.

Em desvantagem na final (vitória do Braga por 0-1 na 1.ª mão, em Almada), o Benfica entrou no jogo à procura do golo que lhe desse a possibilidade de lutar firmemente pelo título nacional de Sub-19.

Aos 21’ surgiu essa oportunidade e a equipa benfiquista não a desperdiçou. Na sequência de um pontapé livre cobrado à direita por Beatriz Cameirão, a bola sobrou para o segundo poste e Ana Assucena, de cabeça, encostou para dentro das redes adversárias, fazendo o 0-1. As águias seguiram para o intervalo em vantagem no jogo e empatadas na eliminatória (1-1).

Braga-Benfica

A segunda parte começou com ambas as equipas muito competitivas e a criarem situações de perigo. Por duas vezes, valeu ao Benfica duas grandes defesas da sua guardiã, Carolina Vilão, que impediu que o Braga chegasse ao empate no marcador.

Aos 49’, o Benfica dilatou o resultado pelo pé direito de Ana Assucena, que, num pontapé livre à entrada da área, "furou" a barreira e bisou na partida, assinando o 0-2. As encarnadas conseguiram assim a reviravolta na eliminatória e sagraram-se Campeãs Nacionais de Juniores femininas em 2018/19.

Formação inicial do Benfica: Carolina Vilão, Inês Queiroga, Daniela Santos, Andreia Faria, Lara Pintassilgo, Ana Assucena, Francisca Nazareth, Diva Meira e Beatriz Cameirão.

Suplentes: Íris Silva, Amélia Silva, Joana Prazeres, Carolina Duque, Patrícia Silva, Carolina Santana e Maria Alberto.

Treinador

"Grupo forte, trabalhámos para este objetivo"

João Videira (treinador do Benfica): "Esta conquista é motivo de grande orgulho. É o primeiro ano de aposta do Benfica no futebol feminino, estivemos a trabalhar para atingir este objetivo. A primeira mão da final não nos correu tão bem, mas o grupo é muito forte, unido e, fora de portas, conseguimos a viragem do resultado. O essencial é acreditar! Sentimos alguma injustiça no primeiro jogo, mas sabíamos o que tínhamos de fazer neste segundo encontro, que era o de tudo ou nada. O resultado acabou por ser justo."

Ana Assucena

Ana Assucena (defesa do Benfica): "Sinto-me muito feliz por ter podido ajudar a equipa a conquistar este título que muito queríamos. Este ano, o primeiro no Benfica, foi incrível. Unidas, conseguimos lutar por todos os objetivos e, a nível sénior, ainda vencemos a Taça de Portugal, que era uma meta. É incrível sermos campeãs nacionais. Juntos, vamos unir-nos para que o próximo ano seja igual ou ainda melhor."

Texto: Márcia Dores

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar