25 de janeiro de 2020, 09h45

O Rei é eterno!

Clube

Eusébio celebraria neste sábado 78 anos.

Eusébio da Silva Ferreira celebraria 78 anos neste sábado, dia 25 de janeiro. Nascido em Lourenço Marques – hoje Maputo (Moçambique) –, faleceu a 5 de janeiro de 2014, deixando uma onda de tristeza e de saudade entre todos os que adoravam o Rei do futebol português.

Em dezembro de 1960 chegou a Portugal para jogar no Benfica. O frio do inverno de Lisboa não o deixou indiferente. Enfrentou-o, tal como os vários adversários com que se cruzou nos relvados e deixou-o para trás. Na Luz permaneceu 15 temporadas e contou uma história recheada de exibições únicas, golos mágicos e conquistas ímpares, que fizeram de Eusébio um dos melhores futebolistas portugueses de todos os tempos.

De águia ao peito realizou 614 jogos, marcou 638 golos (média superior a um por encontro), conquistando 10 Campeonatos Nacionais, 5 Taças de Portugal, 1 Taça dos Clubes Campeões Europeus e 5 Taças de Honra de Lisboa.

A qualidade futebolística que sempre evidenciou na carreira valeu-lhe uma Bola de Ouro no ano de 1965. Eusébio foi o único jogador a fazê-lo em representação de um clube português (Benfica). Em duas ocasiões – 1968 e 1973 – venceu a Bota de Ouro, o troféu destinado ao melhor marcador da Europa.

Eusébio

A merecida e comovente homenagem a King

O dia 5 de janeiro de 2014 acordou com a pior das notícias. Falecera Eusébio! O mundo do futebol não mais seria o mesmo. A data fica marcada como uma das mais tristes páginas da centenária história do Sport Lisboa e Benfica.

Adeptos de todos os clubes, de todas as nacionalidades, emblemas de todas as latitudes fizeram questão de prestar uma última homenagem ao Pantera Negra, com o epicentro a ser o Estádio da Luz e, em concreto, a estátua que eterniza o Rei. Cachecóis, cartazes, fotografias e outros artefactos foram deixados num último adeus. Por forma a salvaguardar as oferendas, foi construído um Mausoléu que protegeu a estátua.

Em julho de 2013 foi inaugurado o Museu Benfica – Cosme Damião. Para além dos momentos e títulos mais inesquecíveis do Clube (futebol e modalidades), há um espaço inteiramente dedicado a Eusébio

A 3 de julho de 2015, o Panteão Nacional recebeu o corpo de Eusébio, numa cerimónia que contou com a presença da família do antigo futebolista, do Presidente Luís Filipe Vieira e de várias personalidades da sociedade portuguesa.

Camisola Campeão Europeu

Fotos: SL Benfica / Arquivo

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar