Futsal

20 fevereiro 2021, 20h45

Festejos de Roncaglio, Robinho, Chishkala, Fits e Afonso Jesus

RESUMO DO JOGO

A noite europeia pedia uma grande exibição do Benfica e assim foi... Vigorosas, competentes e harmoniosas a jogar, as águias golearam o Berettyoujfalu (Hungria) por 5-0 e carimbaram o passaporte para a final eight da UEFA Futsal Champions League. Segue-se o Kairat Almaty (Cazaquistão) nos "quartos" da competição.

Melhor começo era impossível! O Benfica entrou pressionante, mostrou ao que vinha e justificou este início com o golo. Roncaglio avançou na quadra, colocou a bola para Fits e o pivot, de costas para a baliza, segurou, avaliou e com a sola da sapatilha deixou o esférico para a entrada de Robinho. O ala, posicionado no flanco direito, nem precisou de ajeitar. Remate cruzado com a bola a entrar junto ao poste esquerdo (1-0 aos 2').

Os húngaros não se conseguiam aproximar da baliza encarnada e os comandados de Joel Rocha, exercendo uma boa pressão, chegaram com naturalidade ao segundo golo. Jacaré recebeu a bola, rodou perto da linha final e, tal como sugerem as regras, atirou cruzado na direção do segundo poste. Nilson foi célere na desmarcação, encostou e disse "presente" em noite europeia (2-0 aos 6'). O Clube da Luz, que hoje não podia contar com Tayebi ausente devido a lesão –, realizava a habitual rotatividade de jogadores. Mais frescura, a mesma qualidade!

Festejos

Os minutos passavam, o Benfica geria as ocorrências a seu bel-prazer e Arthur aproveitava para calibrar a pontaria – em 17 minutos as águias contabilizavam 18 remates. O ala apostava na meia-distância e ia ameaçando as redes defendidas por Mezei. Ao intervalo: 2-0

No recomeço da partida as intenções do Berettyoujfalu mudaram. Os húngaros optavam por atacar com guarda-redes avançado (5x4), contudo, foi sol de pouca dura. Rapidamente retornaram à estratégia inicial e o Benfica mantinha o ímpeto. Aos 26', novo golo do Glorioso! Roncaglio avançou vários metros, passou para Fits e o brasileiro voltou a assistir. Recebeu, levantou a cabeça e endossou o esférico para a entrada de Chishkala que, na passada, rematou para o interior da baliza (3-0 aos 26').

Fábio Cecílio

O quarto golo chegou cinco minutos depois (31') na sequência de uma bela jogada coletiva, tal como é apanágio do conjunto benfiquista – lances harmoniosos e de elevado recorte técnico. Robinho marcou o canto, picou a bola com conta, peso e medida para a entrada de Arthur. O ex-Barcelona não deixou o esférico bater no solo e desferiu um potente remate. Jacaré estava no caminho da bola, desviou-a com um toque subtil e inscreveu o seu nome na lista dos marcadores (4-0). 

Sergio Cabrera, treinador do conjunto forasteiro, voltou a colocar o guarda-redes avançado e quem tirou dividendos da situação... foi o Benfica! Fábio Cecílio roubou a bola, não teve receios e atirou de muito longe, com o pé esquerdo, para uma baliza deserta (5-0 aos 33'). Nos minutos finais, Silvestre Ferreira fez umas "maldades", Arthur ainda teve no seu pé esquerdo uma oportunidade de marcar – acertou no poste direito –, mas o sexto golo acabou mesmo por  não surgir. Resultado final: 5-0

Agora, na final eight da UEFA Futsal Champions League, o Benfica vai defrontar o Kairat Almaty – equipa onde atua Fernandinho (ex-jogador do Benfica).  

Joel Rocha

DECLARAÇÕES

Joel Rocha (treinador do Benfica): "Os nossos jogadores estão de parabéns, mas o Clube, a instituição e a organização também estão. É a excelência no seu ponto máximo, parabéns a todos os intervenientes. Muitos parabéns ao Benfica pela organização deste evento. O Benfica estava pronto e preparado, e assim foi. Fomos uma equipa muito organizada, muito consciente, muito adulta e, de forma justa, alcançámos um dos objetivos da época, que era alcançar a final eight. Agora é festejar q.b. [quanto baste] e começar a preparar o próximo desafio da Liga Placard. Na próxima quarta-feira [24 de fevereiro] já vamos a Portimão jogar para o Campeonato Nacional."

"A história do Benfica nesta competição é bonita e escreve-se, felizmente, de muitas vitórias e já com um troféu. Quando chegar a altura da final eight é isso que vamos tentar. É reescrever a história. Somos nós a ter esse privilégio. Não é responsabilidade, nem pressão. É ambição e privilégio. No momento da final eight, seja onde for, o Benfica vai estar preparado e preocupado apenas em manter a sua identidade e o seu jogo. Temos uma equipa recheada de qualidade, mas também de superação e solidariedade. Temos os ingredientes necessários para podermos ser felizes."

Benfica UEFA Futsal Champions League

Robinho (jogador do Benfica): "A nossa equipa está de parabéns pela qualificação. Mais um jogo sem sofrermos golos e isso é um ponto positivo para nós. Controlámos o jogo desde os primeiros minutos, gerimos e o mais importante foi a consistência que apresentámos do primeiro ao último segundo. Esta é uma competição complicada. Neste momento estão equipas com muitas qualidades e com nomes de top mundial. Agora temos de chegar o mais fortes possível à final eight."

"Eu e o Fernandinho [atualmente no Kairat Almaty] já somos rivais há muito tempo, desde a época da Rússia. Criámos uma boa amizade aqui no Benfica e vai ser, de certeza, um prazer, tanto para ele como para mim, voltarmos a encontrar-nos. Vai ser um duelo bonito entre as duas equipas [nos quartos de final]."

Benfica-Berettyoujfalu, 5-0

FICHA  
Local Pavilhão Fidelidade
Cinco inicial do Benfica Roncaglio, Afonso Jesus, Robinho, Chishkala e Fits
Suplentes Martim Figueira, Silvestre Ferreira, Fábio Cecílio, Tiago Brito, Arthur, Nilson, Rafael Freire, Tomás Silva e Jacaré
Ao intervalo 2-0
Marcadores do Benfica Robinho (2'), Nilson (6'), Chishkala (26'), Jacaré (31') e Fábio Cecílio (33')

Texto: Diogo Nascimento
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 21 de fevereiro de 2021

Patrocinadores Futsal


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar