Andebol

15 maio 2021, 16h09

Petar Djordjic

RESUMO DO JOGO

Sábado de clássico em andebol! SL Benfica e FC Porto disputaram, no Pavilhão n.º 2 da Luz, o jogo da 27.ª jornada do Campeonato Nacional, com a vitória a cair para o lado dos azuis e brancos, por 33-35.

Antes do apito inicial, homenagem do Sport Lisboa e Benfica a Alfredo Quintana, malogrado guarda-redes do FC Porto e da Seleção Nacional. Os capitães Paulo Moreno e João Pais e o vice-presidente Fernando Tavares entregaram três camisolas que foram utilizadas pelos encarnados aquando do falecimento do atleta azul e branco, no final do mês de fevereiro. 

Homenagem a Quintana

Primeiros minutos do clássico com as águias a alternarem os remates entre as linhas dos 6 e dos 9 metros; os azuis e brancos alinhavam com uma defesa muito agressiva e criavam mossa através de ataques rápidos. Ainda assim, o equilíbrio era a nota dominante e, aos 10', o resultado na Luz era de 7-7. O FC Porto voltou para a frente com um parcial de 0-3, que obrigou Chema Rodríguez a pedir desconto de tempo aos 7-10. 

O Benfica tentava aproximar-se no marcador, mas vários ataques esbarravam em Mitrevski, guardião do FC Porto que esteve em plano de evidência entre os postes. Na baliza benfiquista, Sergey Hernández ia negando o que podia, mas a turma nortenha mantinha alta percentagem de acerto ofensivo. Ao intervalo, o resultado registava 15-19.

RESUMO DA 1.ª PARTE

O Benfica veio forte dos balneários e logrou um parcial de 3-1 nos minutos iniciais da etapa complementar, que colocou o resultado em 18-20. À aproximação dos da Luz, o FC Porto respondeu com várias recuperações de bola em zona defensiva e saídas em contra-ataque que deram em golo. Ainda assim, os comandados por Chema Rodríguez não se atemorizaram, voltaram a ficar a dois golos (23-25), o que levou Magnus Andersson, técnico dos portistas, a pedir time out

As águias estavam dentro do clássico, mas na segunda metade da etapa complementar reapareceu Mitrevski na baliza do FC Porto, bem como Victor Iturriza, pivô dos azuis e brancos, que fez três golos consecutivos e distanciou a sua equipa. Até ao apito final, o Benfica aproximou-se no marcador, mas não foi a tempo de evitar a derrota, por 33-35.

O Benfica soma agora 75 pontos na classificação, e na próxima ronda, a 28.ª, desloca-se ao reduto do SC Horta. 

Benfica-FC Porto

DECLARAÇÕES

Chema Rodríguez (treinador do Benfica): "Acho que a diferença esteve nos guarda-redes. O do FC Porto esteve muito eficaz e negou várias oportunidades de golo. Estivemos dentro da partida até ao final. Estou muito orgulhoso dos jogadores. Lutaram até ao fim perante uma equipa muito boa. Estou orgulhoso do trabalho e das dinâmicas dos jogadores. Agora é seguir a lutar para podermos ganhar."

Benfica-FC Porto
33-35
Pavilhão n.º 2 da Luz
Formação inicial do Benfica
Sergey Hernández, Mahamadou Keita, Petar Djordjic, Francisco Pereira, Bélone Moreira, Matic Suholeznik e Paulo Moreno
Suplentes
Gustavo Capdeville, João Pais, Arnau García, Kévynn Nyokas, Pedro Loureiro, Carlos Martins, Luciano Silva e Ole Rahmel
Ao intervalo 15-19
Marcadores do Benfica
Petar Djordjic (7), Bélone Moreira (6), Paulo Moreno (6), Mahamadou Keita (4), Francisco Pereira (3), Kévynn Nyokas (3), Matic Suholeznik (2), Carlos Martins (1) e Arnau García (1)

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Victoria Ribeiro / SL Benfica
Última atualização: 15 de maio de 2021

Patrocinadores Andebol


Relacionadas

Andebol

Homenagem a Quintana

O clássico de andebol deste sábado, dia 15 de maio, na Luz, ficou marcado por uma singela, mas significativa homenagem ao malogrado Alfredo Quintana. Os capitães da equipa do Benfica, Paulo Moreno e João País, bem como o vice-presidente Fernando Tavares, entregaram ao FC Porto três camisolas que foram utilizadas pelo nosso clube aquando da morte do atleta. |Fotos: Victória Ribeiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar