Futebol

09 agosto 2021, 19h53

Jogadores do Benfica B festejam um dos cinco golos

RESUMO DO JOGO

O Benfica B iniciou a sua caminhada na Liga 2 com a receção ao Nacional, formação despromovida da Primeira Liga na última temporada, goleando por 5-0 no Benfica Campus. O encontro estava inicialmente agendado para domingo, dia 8, às 18h00, mas as dificuldades de ligação aérea levaram que o mesmo fosse remarcado para esta segunda-feira, dia 9.

Os minutos que antecederam o arranque da partida ficaram marcados pela entrega ao Benfica, pelo segundo ano consecutivo, do prémio de melhor relvado da Liga Portugal 2. A distinção do Benfica Campus já foi presenciada pelos adeptos Benfiquistas, de regresso aos estádios.

Com Samuel Soares, estreante na Liga 2, na baliza, o Benfica B controlou a tentativa do Nacional da Madeira em acercar-se das suas redes. Paulatinamente, os comandados de Nélson Veríssimo subiram no terreno, aumentando a sua intensidade na zona de pressão e, aos 13', Vukotic abriu o marcador. Excelente iniciativa ofensiva dos encarnados pela esquerda, com Rafael Rodrigues a cruzar para o coração da área, onde Vukotic, sem marcação, cabeceou sem qualquer hipótese para Vagner (1-0).

Equipa inicial

Aos 18' foi Embaló que perdeu a possibilidade de ampliar, na sequência de um contra-ataque conduzido por Henrique Araújo. O extremo foi pouco lesto frente aos defesas madeirenses, após ter ultrapassado Vagner e ficado sem ângulo na pequena área.

Foi o anúncio de novo golo para o Benfica B. Vukotic atirou forte, à entrada da área, para defesa apertada de Vagner para o poste direito da sua baliza, surgindo Henrique Araújo, oportuno, a encostar para o segundo da partida, dando expressão ao domínio dos da casa (2-0 aos 19').

O Nacional procurou reagir, rematou por duas vezes ao lado da baliza de Samuel Soares, isto antes de o ritmo do encontro baixar consideravelmente. No último minuto do período de descontos da primeira parte, aos 45'+3', João Ferreira ampliou o resultado. Vukotic bateu o livre da esquerda, Samu, ao primeiro poste, cabeceou à barra, sobrando a bola para o lateral-direito, que, após domínio de peito, disparou para o fundo da baliza insular. Vantagem clara e justa do Benfica B ao intervalo.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Que início da segunda parte do Benfica B! Embaló, desta feita, aos 47', conduziu a bola no corredor central e, à entrada da área, com um adversário pela frente, disparou rasteiro entre as pernas do defensor, batendo Vagner, dando contornos de goleada no marcador (4-0).

Aos 55', o Nacional esteve próximo do golo com um remate forte de Vítor Gonçalves ao lado da baliza de Samuel Soares. Mas a formação madeirense pouco mais conseguiu criar no último reduto, entrando o encontro numa fase de menor ritmo.

Ainda assim, o Benfica procurou sempre criar mais situações para avolumar o marcador. Tiago Araújo, aos 90', disparou por cima em boa posição, à entrada da grande área, mas foi no último minuto do período de descontos, que o quinto golo chegou.

Uma jogada criada por Jair Tavares e Duk, ambos lançados na segunda parte por Nélson Veríssimo, acabou em grande penalidade assinalada por Flávio Lima. Jair Tavares, bem no passe, a isolar Duk, este caminhava para o golo quando foi travado por Alhassan. Duk não perdoou, bateu Vagner e fechou o marcador (5-0).

DECLARAÇÕES

Benfica B-Nacional

Nélson Veríssimo (treinador do Benfica B): "É apenas uma vitória. Sabíamos que íamos ter dificuldades acrescidas por defrontarmos uma equipa com o objetivo de subir de divisão. Queríamos começar com uma vitória, conseguimos, não foi um jogo fácil, mas tivemos uma entrada muito boa. Temos ainda um caminho pela frente e coisas para melhorar. Temos de dar os parabéns à equipa, os jogadores foram valentes, já com público. Um bom relvado tem toda a influência para todas as equipas, claro que relvados como temos é mais-valia, principalmente agora que temos público. Faz toda a diferença ter os nossos sócios e simpatizantes com a equipa."

Benfica B-Nacional

Vukotic (médio do Benfica B): "Fizemos um grande jogo contra um adversário muito difícil. Marquei um golo, mas o mais importante é o coletivo. Continuámos a jogar depois do meu golo e vencemos."

Henrique Araújo (avançado do Benfica B: "Homem do Jogo"): "Pressionámos o adversário desde o início, marcámos o terceiro golo antes do intervalo e foi muito importante. Excelente jogo para começar a época. Quando começo um campeonato o objetivo é sempre ser o melhor marcador, este não é exceção. Defrontar o Nacional é sempre bom, é o meu rival desde pequenino e marcar um golo à equipa principal é sempre bom."

Benfica B-Nacional
5-0
Campo n.º 1 do Benfica Campus
Onze do Benfica B
Samuel Soares, João Ferreira, Pedro Álvaro (64'), Pedro Ganchas, Rafael Rodrigues (63'), Rafael Brito, Paulo Bernardo (83'), Vukotic, Embaló, Samu (83') e Henrique Araújo (88')
Suplentes
 Carlos Santos, Filipe Cruz, Miguel Nóbrega (64'), Diogo Capitão, Cher Ndour, Martim Neto (83'), Jair Tavares (83'), Tiago Araújo (63') e Duk (88')
Ao intervalo -
Golos do Benfica B
Vukotic (13'), Henrique Araújo (19'), João Ferreira (45'+3'), Embaló (47'), Duk (90'+2') 
Boletim clínico
Tiago Gouveia (entorse no tornozelo esquerdo); Fábio Baptista (entorse do joelho direito)

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica
Última atualização: 15 de agosto de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar