Voleibol

18 dezembro 2021, 20h15

Equipa do Benfica festeja mais um triunfo

O Benfica venceu por 2-3 na deslocação ao terreno do SC Espinho, neste sábado, 18 de dezembro, em jogo referente à 2.ª jornada da 2.ª fase da Série A do Campeonato Nacional de voleibol. Um duelo em que os comandados de Marcel Matz sentiram dificuldades pelo desgaste competitivo, mas no momento da decisão a sua experiência e qualidade falaram mais alto.

Dominadores na rede, certeiros na receção, os comandados de Marcel Matz lideraram o primeiro set, atingindo rapidamente um 7-11. Nuno Coelho, técnico dos tigres, parou o jogo e procurou contrariar a superioridade do Benfica com maior agressividade junto à rede, sobretudo no bloco, mas o ataque encarnado manteve a vantagem no parcial, ainda que os da casa tenham melhorado paulatinamente e dado boa réplica. O 0-1 chegou com um 22-25, após dois erros do SC Espinho no ataque.

O SC Espinho reagiu, aproveitou os erros do Benfica no início do set, e chegou a 6-3 no segundo parcial. Sempre na frente no marcador, os da casa mantiveram as águias distantes. Aos 20-16, Marcel Matz ainda tentou, com um segundo desconto de tempo, lutar pelo set, mas o 25-19 permitiu igualar o jogo a 1-1.

O Benfica entrou bem no 3.º set e comandou do princípio ao fim de forma confortável, atingindo o 1-2 graças a um parcial de 14-25. A velocidade no ataque, onde poucos erros foram cometidos pelas águias, fez toda a diferença. No set seguinte o SC Espinho voltou a superiorizar-se. Aproveitando falhas do ataque encarnado e maior eficácia no bloco, os visitados atingiram os 16-11. O Benfica reagiu, chegou a igualar 20-20, mas a inspiração do oposto Barrera foi decisiva para o 25-23, estabelecendo o 2-2.

Na negra, no parcial decisivo, a experiência e qualidade do Benfica vieram ao de cima. Bloco afirmativo, ataques em força e serviços agressivos decidiram o set, com um 9-15 e o vencedor do duelo por 2-3. O Benfica volta a jogar neste domingo, 19 de dezembro, no Pavilhão n.º 2 da Luz, às 19h00, frente ao Castêlo da Maia, em encontro a contar para a 3.ª jornada da 2.ª fase da Série A do Campeonato Nacional de voleibol.

Voleibol

DECLARAÇÕES

Marcel Matz (treinador do Benfica): "Jogo difícil, o 4.º set foi muito bem jogado pelo Barrera, fez 10 pontos, esteve muito forte fisicamente e foi difícil de marcar. O jogo foi bem jogado, o Campeonato está equilibrado, com jogos de parciais altos. É sempre difícil jogar fora de casa, o SC Espinho pressionou no serviço e criou problemas. É bom para o Campeonato. Oscilámos um pouco, faltou um pouco de ataque."

SC Espinho-Benfica
2-3
Nave Desportiva de Espinho
Formação inicial do Benfica

Rapha, Tiago Violas, Peter Wohlfi, Aaro Nikula, Lucas França, Japa e Ivo Casas (L)

Suplentes
Bernardo Westermann, Zelão, Hugo Gaspar, André Lopes, Eduardo Brito, Bernardo Silva (L) e Pablo Natan
1.º set 2.º set 3.º set 4.º set 5.º set
22-25 25-19 14-25 25-23 9-15

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: Arquivo
Última atualização: 19 de dezembro de 2021

Patrocinadores Voleibol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar