Futebol

13 abril 2022, 23h49

Nélson Veríssimo

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

O Benfica empatou (3-3) em Anfield, com o Liverpool, na 2.ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões. Ainda assim, e apesar da eliminação, Nélson Veríssimo considerou que os adeptos devem ficar "orgulhosos" pela "campanha que a equipa fez".

Em conferência de Imprensa, o treinador lamentou os três golos sofridos e sublinhou que não há muitas equipas que vão a casa do Liverpool "marcar três golos"; recordou a excelente campanha encarnada na prova da UEFA; explicou a saída de Diogo Gonçalves ao intervalo; e agradeceu "todo o apoio" dado pelos Benfiquistas na partida.

Liverpool-Benfica 2.ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões 

Boa reação que não chegou

"Uma equipa difícil, uma das melhores no panorama atual. Sabíamos que tínhamos uma missão difícil. O golo sofrido complicou as contas, mas a equipa teve uma boa reação e fez o golo do empate. Na segunda parte, o Liverpool, fruto da qualidade individual e coletiva, fez mais dois golos. Sofremos dois golos de bola parada que podíamos ter controlado melhor. O que fica é a reação da equipa, nunca abdicámos do jogo, acreditámos que podíamos chegar à frente com perigo e marcámos mais dois golos, materializando algum ascendente que tivemos em alguns momentos do jogo. Foi uma grande noite europeia contra uma excelente equipa, que nos pôs à prova nas duas mãos. Estamos tristes por não termos passado, mas a equipa deu uma boa resposta e estamos orgulhosos."

Liverpool-Benfica

Saída de Diogo Gonçalves: opção por uma solução mais ofensiva

"O Diogo [Gonçalves], pelas características que tem como médio-ala, pode jogar à direita ou à esquerda. Jogou à esquerda com a missão de controlar o lateral-direito e ajudar o Grimaldo mais no processo defensivo, para que ele pudesse vir mais para dentro e controlar o médio-ala. Isso implicou colocar o Everton à direita, num posicionamento mais subido para permitir o momento da transição. Isso, em alguns momentos, foi conseguido. Ao intervalo, com o resultado empatado e a precisarmos de ganhar, tivemos de tomar uma decisão mais ofensiva. Assim, colocámos o Roman [Yaremchuk] no meio e o Darwin mais à esquerda. A substituição do Diogo não quer dizer que tenha estado mal, porque não esteve. Foi uma decisão de equipa."

Liverpool-Benfica 2.ª mão quartos de final Champions

Agradecimento aos Benfiquistas pelo apoio

"A mensagem passada [à equipa] foi a que os nossos adeptos passaram desde que chegámos a Inglaterra e depois o que aconteceu neste estádio. Já o sentimos em diversas ocasiões, no Estádio da Luz, em Amesterdão sentimos esse apoio fervoroso, em Liverpool estiveram sempre a apoiar-nos, mesmo quando não estávamos por cima no jogo. Sentimos a verdadeira crença e o fervor que têm por este equipa e pelo Clube. Estávamos no balneário e ouvíamos os adeptos a cantar, e de uma forma espontânea fomos ao relvado agradecer todo o apoio que nos deram neste jogo e que nos têm dado nesta temporada."

Liverpool-Benfica 2.ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões 

Campanha muito positiva na Liga dos Campeões

"Todos os Benfiquistas têm de se orgulhar da campanha que a equipa fez. Começou em agosto, com o Spartak, a equipa eliminou o PSV, encarou uma fase de grupos difícil, com FC Bayern e Barcelona no mesmo grupo. Fruto dos resultados e do mérito da equipa técnica anterior houve a passagem aos oitavos de final. Apanhámos o Ajax, tarefa árdua, mas soubemos interpretar bem o que tínhamos de fazer. Nos quartos de final calhou-nos o Liverpool, uma das melhores equipas da Europa, e sabíamos que a montanha era muito alta. Obviamente que à medida que vamos avançando, as equipas são sempre mais difíceis."

Liverpool-Benfica 2.ª mão dos quartos de final da Liga dos Campeões 

Grandeza e História obrigam a aspirar às fases a eliminar

"Efetivamente, o Benfica, em função da sua grandeza, aspira estar nestas eliminatórias. Quando falo destas eliminatórias, falo das fases a eliminar: oitavos de final, quartos de final, mais-finais… Sabemos também que, nesta altura, vamos encontrar equipas de grande valia e poderio."

Liverpool-Benfica 2.ª mão quartos de final Champions

Equipa moralizada e reforçada para o dérbi

"Relativamente ao próximo jogo com o Sporting: é um dérbi, posso dizer que é quase mais uma jornada de Liga dos Campeões. Em função do resultado, e da forma como a equipa se apresentou com o Liverpool, e a equipa deu uma boa resposta, o grupo sai moralizado e reforçado com o que fez. Sofremos três golos, não gostaríamos de ter sofrido, mas temos de ver isto meio cheio. Não me lembro de muitas equipas virem a Anfield marcar três golos."

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 13 de abril de 2022

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar