12 de julho de 2020, 18h59

UEFA Youth League: como está a ser feita a retoma 

Futebol

O Benfica vai lutar pela conquista da competição que irá decorrer entre os dias 18 e 25 de agosto. 

REPORTAGEM BTV

As águias voltam com tudo para terminar aquela que estava a ser uma caminhada notável na Youth League. Os primeiros testes à COVID-19, a mudança para o Benfica Campus e as normas impostas pela UEFA... Tudo explicado ao pormenor por Pedro Mil-Homens, o diretor-geral da Formação do Clube da Luz. 

Depois da notificação da UEFA, dando um parecer favorável para a realização da fase final da Youth League, os Sub-19 do Benfica obtiveram luz verde da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para o regresso aos trabalhos, após a devida autorização da Direção-Geral da Saúde (DGS). 

Trata-se de uma situação excecional, dado que, neste momento, nenhum outro clube está autorizado pela DGS a retomar a atividade desportiva de forma coletiva. O grupo de trabalho do Sport Lisboa e Benfica envolvido na UEFA Youth League fá-lo-á numa fase mais adiantada da preparação para a competição, seguindo as indicações temporais do referido protocolo de retoma. O diretor-geral da Formação do Benfica, Pedro Mil-Homens, em declarações exclusivas à BTV, explicou como se vai processar toda esta fase que antecede a partida da comitiva encarnada para Nyon, na Suíça.

COVID-19: todos os resultados estão negativos

Regresso Youth League Benfica Futebol

"Deixar tudo em campo para podermos almejar aquele que é o nosso grande objetivo: ir à final four da competição"

"Iniciámos os trabalhos com uma ação de formação por videoconferência onde participaram todos os jogadores e o staff [o grupo de trabalho do Benfica é composto por 21 jogadores e cerca de 30 elementos do staff]. Ambos realizaram testes à COVID-19 no Hospital da Luz na passada segunda-feira (6 de julho), e agora estão numa fase de realização de exames médicos. A primeira boa notícia é que todos os resultados estão negativos. É com satisfação que recebemos estes resultados dos testes e da forma como vejo jovens de 18/19 anos que estavam desejosos de regressar à atividade, mas que estão a cumprir as regras e todos os procedimentos de segurança", enalteceu. 

Durante a preparação, 15 dos jogadores Sub-19 do Benfica permanecerão em regime de internato no Benfica Campus, dado o facto de residirem longe do Seixal ou em zonas consideradas de maior risco na atualidade. Os restantes têm as suas residências nas imediações do Benfica Campus. Esta situação foi vista com bons olhos por Pedro Mil-Homens, garantindo que assim há uma maior segurança devido à pandemia de coronavírus.

A residência no Benfica Campus

Regresso Youth League Benfica Futebol

"Atletas e staff testados em Nyon e Lisboa (…) viagem será em voo charter"

"Todos os jogadores aceitaram, durante este período, residir no Benfica Campus. Para nós é uma segurança muito maior. Não é fácil para eles, tendo em conta que ainda são cinco a seis semanas de preparação, mas não era possível de outra forma. Temos a nossa equipa da área social a acompanhá-los, temos até algumas pessoas da área técnica que preferiram ficar connosco e estabelecemos entre todos uma escala para que os jogadores não sintam que são apenas eles que têm de passar o tempo livre no Seixal. Está a ser um 'viver' novo no Benfica Campus. Desde o uso da máscara para todas as pessoas, o número limitado de pessoas por sala, as regras de utilização do refeitório, as regras de circulação, etc. Há um Benfica Campus diferente neste momento", explicou.

Todos os treinos são realizados de forma individual, assim como as restantes atividades são geridas de forma a garantir o distanciamento social e as regras de proteção higiénica em vigor. O início dos treinos coletivos apenas acontecerá após a segunda ronda de testes COVID, seguindo as normas do protocolo de retoma da Liga NOS.

As normas impostas pela UEFA

Regresso Youth League Benfica Futebol

"Iniciámos os trabalhos com uma ação de formação por videochamada onde participaram todos os jogadores e o staff"

"As normas que a UEFA nos propõe também são muito exigentes. Os atletas e todo o staff serão testados em Nyon e antes de partirem para a Suíça. A UEFA contratará um laboratório em Portugal para fazer essa testagem antes da nossa partida. Também haverá um apoio financeiro para que a viagem seja feita num voo charter, ou seja, um voo em que só viaja a comitiva do Benfica. Em Nyon, todas as pessoas vão ficar apenas num piso dos vários hotéis que eles irão reservar. Há do lado da UEFA uma grande preocupação para que esta fase final da Youth League também corra bem. Estamos todos empenhados nesta missão", salientou o diretor-geral da Formação encarnada.

As águias têm vindo a fazer uma prestação notável na presente edição da prova europeia. Inserido no Grupo G o Benfica ficou à frente de emblemas como o Lyon, RB Leipzig e Zenit. Venceu cinco jogos, perdeu apenas um, marcou 17 golos e sofreu seis. Na fase seguinte, oitavos de final, o clube da Luz 'atropelou' o Liverpool. No Benfica Campus, o Glorioso venceu por 4-1. Gonçalo Ramos (2), Tiago Dantas e Nuno Tavares foram os autores dos tentos. Agora segue-se o Dínamo Zagreb. A equipa croata também tem sido uma das sensações e nos "quartos" afastou o Bayern Munique após desempate pelas grandes penalidades (6-7).

"Os desafios fáceis não são para o Benfica"

Regresso Youth League Benfica Futebol

"Durante a preparação, 15 jogadores permanecerão em regime de internato no Benfica Campus"

"Naturalmente que estas eliminatórias existem para os clubes as vencerem, mas a nossa primeira tarefa é sermos capazes de chegar ao dia da partida [dia 17 de agosto] preparados, com grande espírito de missão e um grande espírito vencedor. Esse é o lema principal desta equipa que quer representar o Benfica como sempre o fez ao longo desta temporada na UEFA Youth League. O Benfica entra sempre para vencer. Vamos jogar para ganhar. Sabemos que vamos jogar com um adversário difícil. O Dínamo Zagreb é um clube que está a treinar há bastante mais tempo do que nós. Os desafios fáceis não são para o Benfica. Há uma grande expetativa em redor da equipa croata. Eles também fizeram uma grande fase de grupos. Vamos deixar tudo em campo para podermos almejar aquele que é o nosso grande objetivo: ir à final four da competição", finalizou Pedro Mil-Homens.

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar