4 de janeiro de 2018, 02h28

Rui Vitória: “Demonstrámos uma força que tem de ser enaltecida”

Futebol

O treinador avisou que o Benfica vai disputar o “campeonato até ao limite” e elogiou o apoio que veio das bancadas e a entrega dos jogadores.

No final do dérbi da 16.ª jornada da Liga NOS, que deu empate a uma bola no Estádio da Luz, Rui Vitória analisou a partida e o resultado falando numa tremenda injustiça para o Benfica. Ainda assim, segundo o técnico, houve bons indícios que deixam boas perspetivas para o que falta da Liga.

A análise que faço é que o resultado é tremendamente injusto, pelo que foi o desenrolar do jogo, pela nossa exibição. Não merecíamos! Fizemos um grande jogo, a equipa foi sempre à procura do golo que, por infelicidade, não aconteceu. O Sporting teve poucas situações de ataque. Fomos muito mais fortes. Foi uma segunda parte foi muito forte da nossa parte. O que me apraz dizer é: não ganhámos o jogo, mas a força que demonstrámos frente a um adversário direto é um sinal muito positivo do trabalho que estamos a fazer e do que os jogadores fizeram em campo. Tivemos muita força”, afirmou.

O empate deixa o Benfica a cinco pontos da liderança, mas a exibição voltou a ser elogiada pelo técnico das águias na conferência de Imprensa.

“O resultado é o que é e ninguém vai olhar para a exibição. Fizemos um grande jogo, uma exibição com muita qualidade diante de um adversário direto e demonstrámos uma força que tem de ser enaltecida, porque os jogadores merecem. Se em alguns momentos disseram, e se calhar com razão, que não jogámos tão bem, duvido que agora haja alguém que possa dizer isso. Fizemos uma belíssima partida e a bola não quis entrar. O resultado é injusto. Defrontámos uma boa equipa, mas fomos melhores”, observou.

Instado a comentar a afirmação de Jorge Jesus, que considerou o empate um pior resultado para o Benfica do que para o Sporting, Rui Vitória foi perentório: “O futebol é feito de resultados e nunca sabemos qual é o importante. Os balanços fazem-se no fim. Há uma coisa factual: empatámos em nossa casa e fomos superiores.”

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Isabel Cutileiro, João Paulo Trindade e Tânia Paulo / SL Benfica

Comentários (0)

200 caracteres disponíveis

Submeter

Ainda não existem comentários. Sê o primeiro a enviar uma opinião.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar