7 de janeiro de 2018, 18h19

Benfica implacável na colheita de mais três pontos

Futebol

Pizzi e Jonas apontaram os golos de um triunfo (0-2) simplificado pela competência da equipa de Rui Vitória no reduto do Moreirense, na 17.ª jornada da Liga NOS.

Com qualidade, o Benfica mandou no jogo em casa do Moreirense e superiorizou-se em toda a linha, vencendo por 0-2, na 17.ª jornada da Liga NOS. Pizzi marcou na primeira parte, Jonas fechou o resultado no segundo tempo, depois de uma entrada (e assistência) a todo o vapor de João Carvalho. Com este triunfo, a equipa benfiquista totalizou 40 pontos na primeira volta da competição.

Apontando à baliza do Moreirense desde o pontapé de saída, o Benfica poderia ter provocado a primeira alteração no marcador logo ao minuto 7, quando Cervi, pela esquerda, cruzou para a entrada de Krovinovic na direita da área, com o croata a concluir a ação com um remate que ainda sofreu um desvio no corpo de um defensor e saiu pela linha de fundo. No canto subsequente, Jardel saltou mais alto do que toda a gente na área da equipa da casa e cabeceou à figura de Jhonatan.

André Micael ainda deu troco e, aos 9’, atacou de cabeça a bola cruzada da direita por Sagna, mas Bruno Varela mostrou competência e resolveu a questão com uma estirada, aparecendo Grimaldo a estancar de vez.

Aos 12’, Jonas fugiu nas costas da linha defensiva do Moreirense, tentou o golo por duas vezes, mas em ambos os lances o guarda-redes Jhonatan levou a melhor, acabando por defender para canto.

Depois das ameaças de Rúben Dias (20’) e Pizzi (22’), o Benfica pôs-se mesmo em vantagem aos 23’ quando Jonas fez de Pizzi e Pizzi fez de Jonas. Pela esquerda, Cervi conduziu o ataque e soltou em Jonas, que assumiu o cruzamento largo na direção de Pizzi, para este disparar de pé direito e acertar nas malhas. Estava feito o 0-1.

O Benfica esteve perto do segundo golo por mais do que uma vez até intervalo: aos 28’, Pizzi tentou de meia distância, mas Jhonatan defendeu para canto; aos 44’, Cervi, ao segundo poste, ficou a centímetros de poder encostar para as malhas, depois de um cruzamento rasteiro de André Almeida, que entrara na área pela direita após combinação com Salvio.

O segundo tempo principiou com uma alteração no xadrez benfiquista: Samaris, por razões físicas (consequência de uma pancada de Alan Schons a meio do primeiro tempo), foi rendido por Keaton Parks.

Aos 47’, Jonas, perspicaz, viu Jhonatan adiantado e procurou fazer um golo quase da linha de meio campo: a bola levou a direção exata da baliza do Moreirense, mas o guardião da equipa da casa ainda conseguiu recuar e sacudir para canto. Aos 53’, Jonas introduziu a bola na baliza, mas o lance foi invalidado, sendo assinalado fora de jogo ao camisola 10 do Benfica.

O melhor lance de ataque do Moreirense aconteceu aos 55’, com Arsénio a corresponder a um centro da direita e a cabecear para uma enorme defesa de Varela, enviando a bola para canto.

Imperturbável, o Benfica continuou a costurar ataques em busca de um golo que lhe reforçasse o conforto. No espaço de dois minutos, Jonas teve o 0-2 nos pés, mas em ambos os lances (70’ e 72’) o guarda-redes Jhonatan foi superior.

Lançado por Rui Vitória aos 73’ (saiu Salvio), João Carvalho foi implacável e assertivo na primeira intervenção na partida: caindo em cima do central Belkeroui, ganhou-lhe o duelo e, descaído para a direita, de imediato levantou a cabeça para servir Jonas no interior da área. O goleador do Benfica recebeu o esférico, puxou-o para o seu pé esquerdo, enquadrou o remate e bateu Jhonatan, rubricando o 0-2 aos 74’.

Com o 20.º golo de Jonas em 17 jornadas da Liga NOS, a equipa benfiquista exterminava qualquer potencial dúvida quanto ao vencedor no desafio que encerrou a campanha na primeira volta da prova.

Já com Raúl no relvado (entrou para o lugar de Jonas aos 84’), os comandados de Rui Vitória fizeram uma gestão inteligente dos últimos minutos do desafio, com posse e boa circulação de bola, procurando sempre uma eventual oportunidade para elevar a diferença no resultado.

Texto: João Sanches

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar