12 de janeiro de 2018, 08h50

Aniversário: Witsel, o belga que se valorizou no meio-campo do Benfica

Futebol

Internacional belga, que celebra 29 anos de vida, vestiu a camisola das águias em 2011/12 e nos primeiros três jogos de 2012/13, ingressando depois no Zenit.

A histórica cidade de Liège viu nascer Axel Witsel a 12 de janeiro de 1989, faz hoje 29 anos. Está, pois, de parabéns o belga que vestiu a camisola do Benfica na época 2011/12 e ainda nos primeiros três desafios oficiais de 2012/13, transferindo-se depois para o Zenit pelo valor da cláusula de rescisão: 40 milhões de euros.

A 13 de julho de 2011, o internacional belga, oriundo do Standard de Liège, foi oficializado como reforço dos encarnados, entrando na Luz com a promessa de brilhar e de se valorizar fortemente no meio-campo.

Witsel jogou 52 vezes com o emblema da águia cravado no peito, marcou cinco golos (um no Campeonato, dois na Taça da Liga e dois na Liga dos Campeões) e conquistou uma Taça da Liga.

O tempo do jogador belga foi curto no Benfica (pouco mais de um ano, em rigor), mas Witsel deu que falar. Estreou-se pelos encarnados no dia 27 de julho de 2011, no jogo da 3ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões, frente aos turcos do Trabzonspor, substituindo Pablo Aimar aos 74’.

Cinco jogos depois, frente ao Twente, na segunda mão do playoff da Champions, Witsel fez os primeiros golos com a camisola do Clube da Luz (24 de agosto de 2011). Aos 46’, após livre batido por Gaitán e toque de cabeça de Luisão, o belga executou um pontapé de bicicleta na direção da baliza de Nikolay Mihaylov e estreou o marcador. Aos 66’ repetiu a proeza e faz o segundo golo na consequência de uma assistência de Cardozo. O Benfica venceria por 3-1 (Luisão também faturou) e eliminaria o Twente, após o 2-2 registado na Holanda.

A 31 de março de 2012, Alex Witsel marcou o quinto e último golo pelas águias num jogo frente ao Braga (próximo adversário do Benfica na Liga NOS, às 20h30 de sábado, na Pedreira). Aos 79’, 49 078 espectadores, no Estádio da Luz, vibraram com o primeiro golo da partida, da autoria de Witsel, através de grande penalidade, abrindo caminho para a vitória, na 25.ª jornada do Campeonato Nacional (2-1), que seria confirmada aos 90'+2'.

Prestes a ser transferido para o Zenit, Witsel fez a sua última exibição no relevado da Luz a 2 de setembro de 2012, na 3.ª jornada do Campeonato Nacional, frente ao Nacional da Madeira, onde o Benfica se impôs por 3-0.

No dia seguinte já era oficial: o jogador belga mudava-se para a Rússia a fim de representar o emblema do São Petersburgo. Cresceu na Luz e levou o Clube no coração: "Se um dia voltar ao futebol português, será apenas para jogar no Benfica!", disse o médio-centro em fevereiro de 2016.

Atualmente, Witsel joga no Tianjin Quanjian, na China.

Texto: Márcia Dores

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar