23 de janeiro de 2018, 16h42

Hélder Cristóvão: "Vamos tentar pôr intensidade alta"

Futebol

O Benfica B disputa em Inglaterra, às 19h00 de quarta-feira, o apuramento para a próxima fase da Premier League Internacional Cup. O adversário de turno é o Tottenham (Sub-23).

O Benfica B enfrenta a equipa de Sub-23 do Tottenham às 19h00 de quarta-feira, no Estádio Lamex, em Inglaterra, na 3.ª e última jornada do Grupo F da Premier League Internacional Cup. Um triunfo pode catapultar o conjunto benfiquista para o apuramento, com seis pontos, na condição de um dos melhores segundos classificados desta fase.

O treinador Hélder Cristóvão dá conta do sentimento e da preparação da equipa para o duelo capital. "Este jogo foi ganhando importância à medida que os jogos se foram realizando. Depois da derrota com o Villarreal B, supostamente estaríamos fora, mas a conjugação de resultados foi permitindo que chegássemos a este ponto com possibilidade de ganhar e de nos apurarmos", situou o técnico na antevisão à BTV.

"É um jogo de grande importância, uma motivação extra para os jogadores, num torneio em que dissemos logo ao início que queríamos deixar uma marca importante para o Clube. Temos essa oportunidade, não vamos poder desperdiçá-la", afirmou Hélder Cristóvão.

"Estes jogos mexem muito com fatores psicológicos dos jogadores, mas fomos retirando essa carga. Temos de aproveitar o contacto com outros profissionais e outras culturas para crescermos e podermos transportar isso para o nosso campeonato. Queremos muito deixar uma boa imagem, ganhar e passar", salientou o treinador.

A respeito da equipa que vai lançar na partida, Hélder Cristóvão adiantou que pretende privilegiar o equilíbrio competitivo do conjunto. "Sabendo que é um jogo forte e importante, temos de ter consistência com jogadores mais utilizados, mas também vamos mexer na equipa e dar minutos a quem tem jogado menos. É uma oportunidade para alguns se mostrarem. Será um misto, mas com qualidade sempre presente", explicou o técnico do Benfica B.

"Vamos tentar pôr intensidade alta, sabendo que eles são perigosos em transição, mas têm algumas dificuldades atrás. Vamos tentar instalar-nos no meio campo deles com posse, evitar transições e estarmos seguros daquilo que queremos fazer. Os jogadores estão preparados. Fomos treinando e falando, por forma a que não sejamos surpreendidos neste jogo, sabendo que as bolas paradas são sempre um forte para eles. O estado do terreno também não vai estar muito agradável, visto que vai estar a chover à hora do jogo. São condimentos e condicionantes para os quais teremos de estar preparados – e seguramente vamos estar", afiançou.

Texto: João Sanches

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar