12 de fevereiro de 2018, 15h44

José Jardim: "Agressividade, controlo emocional e muita ambição"

Voleibol

O Benfica viaja até Itália para defrontar o Bunge Ravenna, às 18h00 de quarta-feira, na primeira mão dos quartos de final da Challenge Cup.

Após eliminar a formação do Steaua Bucareste nos oitavos de final, o Benfica disputa agora na quarta-feira, às 18h00, a 1.ª mão dos "quartos" da Challenge Cup de voleibol. A equipa encarnada viaja até ao Palazzo Mauro de André para se encontrar com o Bunge Ravenna.

José Jardim, treinador principal da equipa de voleibol do Benfica, alerta para um jogo difícil, com um adversário "muito competitivo".

"O jogo com o Ravenna é de elevado grau de dificuldade. Trata-se de uma equipa que joga num campeonato em que sistematicamente tem jogos muito competitivos e essa é a principal diferença, mas isso é mais uma motivação e a nossa equipa já provou mais do que uma vez que gosta destes desafios e se prepara para eles. É com essa convicção que vamos jogar em Itália”, afirmou José Jardim, em declarações à BTV.

O comandante da equipa encarnada garante que "agressividade, controlo emocional e muita ambição" são ingredientes fundamentais para "um bom resultado".

José Jardim lembra que, em quatro jogos com as equipas italianas, o Benfica ganhou três. Neste encontro a equipa encarnada tem de estar ao seu melhor nível. "Nós já começamos a ser bastante conhecidos", admitiu.

"O Benfica tem de estar ao seu melhor nível para conseguir jogar taco a taco com a equipa do Ravenna e conseguir um bom resultado lá, disso não tenho dúvidas", reforçou.

Marc Honoré

Marc Honoré: "Vai ser um jogo com muita luta"

Marc Honoré, central da equipa de voleibol, antevê uma partida muito equilibrada, mas afirma que o Benfica vai preparado.

"Temos tido muito sucesso contra as três equipas italianas na Challenge Cup e temos de mostrar sempre esta motivação e orgulho em ser do Benfica. Temos de mostrar o nosso nível neste campeonato contra os italianos, porque eles são muito fortes", referiu Marc Honoré.

"Estamos preparados, a treinar bem. Vai ser um jogo com muita luta", acrescentou.

O camisola 14 da equipa de voleibol acredita em mais uma vitória das águias nas competições europeias.

"É possível voltar a vencer o Ravenna. Esperamos mais uma vitória e vamos dar tudo para vencer. É um passo muito importante e eu sei que a outra equipa também não está à espera de um jogo fácil contra o Benfica", afirmou Honoré.

O central elogia a maneira como se vive o voleibol em Itália, mas avisa que o Benfica vai para dar tudo.

"Lá, a atmosfera é muito boa, os fãs sabem muito sobre voleibol, estão sempre a torcer pela equipa deles. Mesmo assim nós temos experiência em jogar fora e vamos dar tudo", vincou.

A 2.ª mão joga-se no dia 28 de fevereiro, no Pavilhão n.º 2 da Luz.

Texto: Márcia Dores

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar