24 de fevereiro de 2018, 16h55

Empate no dérbi sabe a pouco!

Futsal

O Benfica esteve em vantagem até aos 37’, ainda falhou uma grande penalidade, mas acabou por permitir o empate. Divisão pontual ingrata no dérbi de Futsal.

Sábado desportivo a abrir com o apetecível dérbi em Futsal. SL Benfica e Sporting CP defrontaram-se à passagem da 18.ª jornada da Liga Sport Zone. Empate a duas bolas ao apito final.

Pavilhão Fidelidade ao rubro para mais um emocionante Benfica-Sporting! E este dérbi cumpriu todos os requisitos! Entrega, raça, golos (e que golos!), incerteza, ambição, ambiente “quentinho" e até houve um penálti falhado... duas vezes!

Partida muito tática, com poucos rasgos e oportunidades de golo nos momentos iniciais. A partir dos dez minutos as águias começaram a carregar e o golo surgiu naturalmente. Fábio Cecílio, aos 13’, numa soberba jogada individual, remata para inaugurar o marcador.

E não foi preciso esperar muito mais para se gritar novamente golo nas vibrantes bancadas da Luz. Minuto 15, triangulação espetacular do coletivo, com Fernandinho a sentenciar com firmeza! Com 2-0 o Benfica continuou com o pé de acelerador, face a um Sporting que tentava reagir, com as águias, inteligentes e maduras, a dizerem não!

Em cima do intervalo, golo do Sporting… mais um golo bonito! Dieguinho recebe na zona de pivot, roda e remata sem hipóteses de defesa para Cristiano (2-1).

No reatar, entraram mais fortes os leões – à procura do empate –, mas do outro lado estava um Benfica firme e decidido! Intensidade máxima, pressão a todo a quadra, muito pulmão e coração, ou seja, mais um hino à modalidade.

Oportunidades para os dois lados, com os artistas em quadra a terem capacidade de encontrar os poucos espaços em aberto, alguma ineficácia por parte do Benfica e, aos 37’, o golo do empate. Varela aproveita uma desatenção da defensiva e coloca a rede no fundo da baliza.

Tudo empatado a duas bolas… e últimos minutos impróprios para cardíacos! O Benfica mostrou que queria ganhar, isto enquanto do outro lado os leões parecerem cedo contentar-se com a divisão pontual.

No último minuto do jogo, e já depois de Henmi enviar o esférico ao ferro, João Matos agride Tiago Brito e é assinalada grande penalidade. Chamado à conversão, Raúl permite a defesa de André Sousa… mas o árbitro manda repetir – e bem! – uma vez que o guardião leonino estava adiantado. Na repetição, o espanhol remata forte, mas à trave.

Até ao final, e em vantagem numérica, o Benfica acreditou sempre, mas o resultado – ingrato! – não mais se alterou.

O dérbi terminou empatado, com o Benfica a somar 46 pontos, no 2.º lugar da classificação geral desta 1.ª fase, com seis de atraso para o líder Sporting (52 pontos).

Joel Rocha fez alinhar a seguinte formação inicial: Cristiano, Fábio Cecílio, Bruno Coelho, Robinho e Deives.

Na próxima jornada o Benfica desloca-se até ao reduto dos Leões de Porto Salvo. Esta partida está marcada as 19h00 de sábado, dia 3 de março.

Texto: Sónia Antunes

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar