15 de março de 2018, 12h01

Rúben Dias na lista de Fernando Santos

Futebol

O central do Benfica tem historial em todas as seleções nacionais, onde, inclusive, foi capitão.

Rúben Dias é a grande novidade na convocatória de Fernando Santos, que vai, nos jogos frente a Egito e Holanda – marcados para os dias 23 e 26 de março, respetivamente –, começar a preparar a participação de Portugal, campeão da Europa em título, na fase final do Mundial 2018, a decorrer na Rússia.

A lista de convocados foi divulgada esta quinta-feira, na Cidade do Futebol, e marca a estreia do central de 20 anos, numa altura em que faz uma primeira época de sonho. Rúben Dias é, aliás, o primeiro central a ser chamado à principal seleção portuguesa de futebol – enquanto jogador do Benfica – desde o tempo de Paulo Madeira (em outubro de 1999). E precisou de 180 dias desde a estreia pela equipa principal encarnada até à chamada de Fernando Santos…

“Há uma necessidade de analisar os jogadores. Entendemos que era importante analisar todas as possibilidades de escolha e, obviamente, o Rúben Dias – até porque está a jogar – pareceu-me que era importante. É preciso conhecê-lo pessoalmente para ter uma definição clara. Um jogador pode jogar muito bem na sua equipa, com um treinador com umas determinadas características. Mas também tem de se adaptar ao treinador que sou, ao modelo da equipa. Nada melhor do que um contacto com o jogador. É essa a razão pela qual está aqui. E pela qualidade, obviamente”, esclareceu o selecionador nacional Fernando Santos em conferência de Imprensa.

Tem sido uma aposta regular de Rui Vitória no onze inicial encarnado, numa altura em que leva já 23 encontros, quatro golos e titularidade indiscutível. Chegado à Luz em 2008, então com apenas 11 anos, o central passou por todos os escalões de formação das águias até se tornar mais uma pérola Made in Caixa Futebol Campus. Hoje, quase uma década depois, é um dos pilares da equipa de Rui Vitória e parte de um lote de jovens jogadores preparados no Seixal e que cresceram no Benfica até atingirem a meta de sonho de qualquer jogador de futebol: ser chamado à principal Seleção Nacional.

Benfica-Boavista

Forte no desarme e possante no jogo aéreo, capitaneou Portugal no Campeonato do Mundo de Sub-20 da FIFA de 2017 e no Campeonato da Europa de Sub-19 da UEFA de 2016 e envergou também a braçadeira de capitão durante grande parte do seu percurso nas camadas jovens do Benfica.

Olhando para os últimos três anos da equipa do Benfica, sob o comando do treinador Rui Vitória, Rúben Dias faz o mesmo caminho trilhado pelos compatriotas Nélson Semedo, Renato Sanches e Gonçalo Guedes. O laboratório do Seixal apresenta, assim, mais um produto de qualidade cujo percurso nos vários escalões das seleções nacionais lhe confere ainda um conhecimento da responsabilidade de jogar por Portugal.

De capitão nos Juniores, a referência na equipa B e a revelação no conjunto principal, Rúben Dias já “arrancou” do presidente Luís Filipe Vieira vários elogios. "O Rúben Dias será o futuro capitão do Benfica”, disse o líder máximo dos encarnados numa entrevista à BTV.

O camisola 66, enquanto jogou na equipa de Hélder Cristóvão, não marcou qualquer golo na II Liga, algo que mudou nesta temporada de estreia pela equipa principal. Já contabiliza quatro finalizações certeiras: uma na Taça da Liga, em Setúbal, e três na Liga NOS, todas em casa, com Rio Ave, Boavista e Aves.

Este registo coloca-o como um dos defesas-centrais portugueses que mais golos marcaram numa época de estreia pelo Benfica. E ainda faltam oito jornadas…

Quanto à Seleção Nacional, o duelo com o Egito está agendado para 23 de março, em Zurique, na Suíça, e o embate com a Holanda será a 26, em Genebra, igualmente em solo helvético.

Convocados: Rui Patrício, Anthony Lopes, Beto, Cédric Soares, João Cancelo, Bruno Alves, José Fonte, Rolando, Rúben Dias, Fábio Coentrão e Raphael Guerreiro, Wiliam Carvalho, Rúben Neves, João Moutinho, Adrien Silva, Manuel Fernandes, André Gomes, João Mário, Bruno Fernandes, Bernardo Silva, Gelson Martins, Ricardo Quaresma, Gonçalo Guedes, Cristiano Ronaldo e André Silva.

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Arquivo / SL Benfica

 

 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar