Hóquei em Patins

17 março 2018, 16h45

Benfica festeja passagem à final

O Benfica venceu, este sábado, o CP Voltregà, por 5-4, num encontro decidido nos últimos minutos. A formação de Paulo Almeida está na final da Taça Europeia de hóquei em patins feminino e continua a perseguição ao título europeu que foge desde 2015…

Primeira parte de nervos. Um golo madrugador de Berta Tarrida, a segundos do início da partida, deixou o Benfica desde cedo em desvantagem (0-1). Mas a resposta não tardou e Rita Lopes igualou, aos 6’, depois de uma grande oportunidade de Inês Vieira.

O empate não durou muito. O CP Voltregà contra-atacou e um bis de Berta Tarrida voltou a colocar as espanholas na liderança do marcador (1-2).

Excelente exibição, com constantes intervenções, da guarda-redes espanhola Teresa Bernardas que foi negando o golo às encarnadas que acabaram por sofrer o terceiro aos 16’ (Adriana Gutiérrez). 1-3 era o resultado com que as equipas recolhiam aos balneários, depois de uma primeira parte com um Benfica com mais oportunidades, mas um CP Voltregà forte na concretização.

No segundo tempo, a formação de Paulo Almeida entrou com tudo. Primeira oportunidade com uma bola ao poste e, na recarga, mais uma defesa de Teresa Bernardas. Dupla infelicidade para a equipa do Benfica, que não podia fazer mais do que aquilo…

Aos 33’, grande penalidade a favor do Benfica. Rute Lopes foi chamada a converter, a guarda-redes espanhola defendeu, mas, na recarga, a gémea de Rita Lopes rematou para o 2-3. Um golaço que recolocava as encarnadas na luta. Dois minutos depois, o 2-4 para o CP Voltregà.

Jogo de nervos, com ambas as equipas a darem tudo para garantirem um lugar na Final de domingo… Os remates iam surgindo do lado das encarnadas, mas a bola parecia não querer entrar, com a guarda-redes espanhola a fazer ume exibição quase perfeita. Aos 44’, o golo do Benfica! Maca Ramos fez o 3-4 que recolocava a formação anfitriã na corrida.

Últimos minutos alucinantes! Aos 46’, Marlene Sousa empatou, deixando tudo aberto no Pavilhão Fidelidade – com um ambiente infernal – e Maca Ramos, um minuto depois, dava vantagem, pela primeira vez na partida – ao Benfica (5-4). Cabeça fria nos últimos segundos e estava carimbada a passagem para a grande finalíssima de domingo.

As encarnadas vão defrontar o CP Gijón - na final da competição agendada para domingo, às 18h00 -, que bateu a Stuart Massamá por 7-4. 

Texto: Filipa Fernandes Garcia

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

Última atualização: 7 de fevereiro de 2019

Patrocinadores Hóquei


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar