19 de junho de 2018, 18h02

Borko Ristovski: “Se não acreditasse no título, não vinha para o Benfica”

Andebol

O internacional macedónio deixa o Barcelona para reforçar a baliza do Andebol. Chega ao Clube com muita ambição e vontade de ser Campeão Nacional.

O guarda-redes Borko Ristovski é o mais recente reforço da equipa de Andebol do Benfica para a temporada 2018/19. Na conferência de Imprensa de apresentação, o internacional macedónio explicou o que o motivou a aceitar vir para a Luz.

Uma pessoa tem de ter sempre ambições. Chego para ajudar a equipa a ganhar o máximo de títulos possível. Esta é uma das razões para vir para o Benfica. Venho para lutar, dar 100% de mim e ser mais um para ajudar a equipa”, afirmou.

Proveniente do Barcelona, uma das mais fortes formações de andebol, Ristovski deixou, ainda assim, elogios ao novo clube e aos objetivos que lhe foram apresentados.

Juntar o projeto do Benfica e o Benfica como clube numa palavra, essa terá de ser: grande. Venho porque gostei do projeto apresentado, tem futuro e julgo que juntos vamos ganhar títulos”, sublinhou o atleta, que antes da apresentação esteve com o presidente Luís Filipe Vieira na SAD.

Para o guarda-redes não há dúvidas! O Benfica pode ser campeão de andebol e refutou eventuais diferenças de qualidade entre as águias e o rival Sporting.

Se não acreditasse que o Benfica pudesse ser campeão, não vinha para cá. Vi jogos entre o Benfica e o Sporting e não considero que haja tanta diferença em termos qualitativos. Acho que podemos lutar pelo campeonato e restantes competições, Taça de Portugal e Supertaça”, vincou de forma ambiciosa.

Os primeiros contactos com o Benfica e com as condições apresentadas deixaram-no impressionado.

“As primeiras impressões são de que venho para um Clube grande, que tem tudo organizado para que o jogador se centre só em jogar e ajudar a equipa. Lisboa é uma cidade bonita”, elogiou Ristovski.

Ristovski

CARREIRA DE BORKO RISTOVSKI

  • Barcelona (2016 a 2018)

  • Rhein-Neckar Löwen (2015 e 2016)

  • Créteil (2014 e 2015)

  • Al-Ahly (2014)

  • Gummersbach (2012 a 2014)

  • Algeciras BM (2007)

  • Teucro (2006 e 2007)

  • RK Metalurg (2003 a 2006 e 2010 a 2012)

  • RK Makedonija (1999 e 2000)

  • Jug (1997 a 1999 e 2000 e 2001)

  • Rabonitcki (1995 a 1997)

O internacional pela Macedónia explicou, ainda, o que o fez ser guarda-redes e revelou que gosta de sentir pressão.

“A responsabilidade é grande. Muitas coisas dependem do guarda-redes e a pressão tem de ser bem gerida. Esse foi um dos aspetos que me levaram a optar por ser guarda-redes, porque adoro ter pressão. Quando jogamos bem todos nos felicitam, quando jogamos mal todos nos criticam. É uma pressão bonita”, considerou.

Já sobre o nível do Campeonato Nacional de andebol, Ristovski reconheceu que houve crescimento nos últimos anos e lamentou que Portugal tivesse sido eliminado na qualificação para o Mundial.

O nível do andebol em Portugal subiu muito nos últimos anos. Tanto o Benfica como outros clubes têm apresentado projetos que dão maior importância ao andebol. É uma pena que a seleção de Portugal não se tenha qualificado para o Mundial, porque assim também os clubes poderiam crescer ainda mais na modalidade. Já vi jogos da liga portuguesa de andebol e o nível subiu muito”, observou.

Ristovski

Domingos Almeida Lima: “Que Borko Ristovski se sinta feliz no Benfica e nos faça felizes”

Na sua intervenção, o vice-presidente do Benfica começou por contextualizar a razão por que as águias optaram por investir num dos melhores guardiões europeus da modalidade.

“Reforço para equipa de andebol. Atleta conhecido mundialmente, que vem preencher um lugar muito importante. O guarda-redes é fundamental nos desportos coletivos, pois é onde começa a organização da equipa. É um esforço que o Benfica fez para trazer um jogador que estava no Barcelona. O objetivo é ganhar e queremos ter uma palavra decisiva a dizer nas provas nacionais, sobretudo no Campeonato. O grupo de trabalho fica mais enriquecido. Quero dar as boas-vindas ao Borko Ristovski e espero que se sinta feliz no Benfica e nos faça felizes”, esclareceu.

“O objetivo que todos temos é construir um plantel que chegue ao título. As renovações e contratações que o Benfica fez têm a concordância do treinador e restante equipa técnica. Estamos a fazer esse esforço para sermos Campeões Nacionais”, acrescentou.

Ristovski

PRINCIPAIS TÍTULOS DE BORKO RISTOVSKI

  • Campeonato da Alemanha (2015/16)

  • Taça do Rei (2016/17 e 2017/18)

  • Super Globe (2017/18)

  • Supertaça da Catalunha (2016/17 e 2017/18)

  • Liga ASOBAL (2016/17 e 2017/18)

  • Taça ASOBAL (2016/17 e 2017/18)

  • Supertaça de Espanha (2016/17 e 2017/18)

 

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar