Futebol

22 julho 2017, 16h01

Pizzi e Raúl Jiménez, respetivamente médio e avançado do Sport Lisboa e Benfica, já estão de regresso ao trabalho, no Caixa Futebol Campus.

Por terem estado na Taça das Confederações (Pizzi por Portugal e Jiménez no México), os futebolistas entraram mais tarde de férias, logo tiveram direito a regressar numa data diferente dos companheiros de plantel.

Após merecido período de descanso, o “comandante” chega para atacar a temporada 2017/18 depois de, na época transata, ter sido considerado o Melhor Jogador do Campeonato, após se evidenciar, sobretudo, na organização ofensiva do Tetracampeão, mas também em números impressionantes ao nível dos golos e das assistências.

A temporada 2016/17 foi mesmo a melhor da carreira da Pizzi. Só na Liga NOS, em 33 jogos, teve participação direta em 18 golos do Benfica (10 tentos e oito assistências); na Taça de Portugal apontou dois golos e realizou duas assistências em sete partidas; na Supertaça fez um golo e uma assistência; na Champions completou oito jogos e mais três na Taça da Liga. No total, o “comandante” realizou 52 jogos, marcou 13 golos e fez 11 passes para golo.

Por seu lado, Raúl Jiménez voltou a ser fundamental na ponta final da época competitiva com golos decisivos em Vila do Conde e na final da Taça de Portugal que as águias viriam a vencer. Em 2016/17, em competições oficiais, o camisola 9 realizou 32 jogos e marcou 11 golos pelo Benfica. 

Tanto o médio como o avançado já deverão ser opção para Rui Vitória no estágio que a equipa vai realizar em Terras de Sua Majestade, onde se inclui a participação na Emirates Cup, no fim de semana de 28 e 29 de julho.

MR

 

Última atualização: 8 de dezembro de 2017

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar