19 de agosto de 2017, 22h23

Arte e classe em noite de clássico alfacinha!

Futebol

Benfica somou a terceira vitória na Liga NOS, frente ao Belenenses. Belíssima exibição. 

Tags

Futebol

Noite de clássico alfacinha, com a Catedral a engalanar-se para receber o duelo entre Benfica e Belenenses… e que noite fantástica para jogar e ver futebol!

Temperatura amena, romaria à Luz – 56 262 adeptos nas bancadas -, alegria dentro e fora das quatro linhas, futebol daquele que se gosta – bem jogado! – e golos, que golos!

Mas comecemos do início. As duas equipas subiram ao relvado com a estratégia bem definida. Os dois treinadores tinham avisado ao que vinham nas respetivas Conferências de Imprensa… e em campo os jogadores cumpriram.

Com três centrais, linhas coesas e baixas a tentar suster o Tetracampeão, à espera do contragolpe: foi este o figurino inicial dos Homens da Cruz de Cristo! Mas como tudo na vida… tudo muda, e aqui mudou obrigatoriamente ao minuto dois da partida.

Falta cobrada à entrada da área, cruzamento perfeito de Pizzi e, no coração da pequena área, surge Jonas, de cabeça, mortífero a fazer o 1-0.

O Belenenses reagiu – e bem! – subiu as linhas e discutiu o jogo, com Bruno Varela a responder positivamente num par de ocasiões.

Minuto 25 e o Benfica sacudiu o adversário de vez e arrancou definitivamente para um triunfo indiscutível.

Bruno Varela lançou Salvio, receção orientada – que bonito! – do argentino, com a bola, disparada de longe, a sair por cima da trave… estava dado o aviso!

Não foi aos 25’, foi precisamente três minutos volvidos! Salvio foca as redes à guarda de Muriel e, com um remate indefensável ao ângulo, faz um golaço, daqueles para recordar ao sabor do tango!

E da arte vamos de pronto para a inteligência e eficácia. Luisão sacode o esférico para bem longe da sua zona de intervenção, Jonas, com um ligeiro toque de cabeça, penteia para isolar Seferovic… na cara do guardião azul e branco, sem hesitar, friamente o suíço rematou para o 3-0. Aí vão quatro golos em quatro jogos.

Ainda antes do intervalo, Jonas de muito longe tentou aproveitar o adiantamento de Muriel, mas a redondinha beijou a trave e disse não ao bis do brasileiro.

Com 3-0 no marcador, o Benfica continuou a dominar – controlando e gerindo de forma inteligente – perante um Belenenses que nunca deitou a toalha ao chão e trouxe ainda maior mérito ao triunfo dos encarnados. Em cima do apito final, assistência de Raúl para o bis de Jonas... não satisfeito, já no período de compensação, o brasileiro faz o hat-trick: 5-0 na Luz... estava sentenciado o marcador!

Belíssima exibição de um conjunto com inequívoca qualidade, com toques de arte e magia ao nível individual, que sabe muito bem aquilo que quer e com um só mote: vencer!

O SL Benfica alinhou de início com Bruno Varela, André Almeida (Lisandro, 81), Luisão Jardel, Eliseu, Filipe Augusto, Pizzi, Salvio (Chrien, 71’), Cervi, Jonas e Seferovic (67’, Raúl) são os eleitos.

Com este resultado, a equipa comandada por Rui Vitória soma um pleno de três vitórias: 9 pontos!

Na próxima jornada o Tetracampeão desloca-se a Vila do Conde para defrontar o Rio Ave. Este desafio está marcado para as 20h30 do próximo sábado, no Estádio dos Arcos.

Texto: Sónia Antunes

Fotos: Isabel Cutileiro e Tânia Paulo / SL Benfica

 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar