Basquetebol

01 novembro 2017, 20h36

José Ricardo, treinador da equipa de basquetebol do Benfica, atribuiu à eficácia no lançamento a principal causa da derrota perante os russos do Avtodor Saratov (86-97) na 3.ª jornada da FIBA Europe Cup.

“Nos momentos críticos, nos momentos em que o jogo se decide, eles meteram e nós não, e os lançamentos foram muito semelhantes”, disse o treinador.

Há que dar mérito à equipa adversária, que nesses momentos conseguiu ser bem mais eficaz do que nós. Na Europa acontece isto algumas vezes. Temos de perceber que a equipa tem de estar cá mais vezes, passar por estas situações de stress mais frequentemente para poder resolvê-las com mais eficácia”, afirmou o técnico.

“Vamos preparar o jogo que vem a seguir com o mesmo afinco. Temos de perceber que estes momentos de aprendizagem nos vão trazer coisas boas a médio e longo prazo”, afirmou José Ricardo.

“Entendendo onde estivemos menos bem, vamos ficar mais fortes. Estes jogos europeus tiram-nos da zona de conforto, obrigam-nos a estar sistematicamente concentrados”, apontou o responsável técnico.

“Numa série tão apertada como esta, a possibilidade de discutir o apuramento pode passar por um cesto a mais. Temos de estar ainda mais concentrados e vamo-nos apresentar mais fortes no futuro”, afiançou o treinador.

Recuperação devia ter sido melhor, apontou Sanders

O base Jesse Sanders disse que a equipa benfiquista também deveria ter sido mais forte no plano defensivo.

“Fazendo os pontos que fizemos, deveríamos ter vencido. Ele têm uma boa equipa, há que dar-lhes crédito, mas defensivamente deixamo-los fazer muitas transições. Lançámos depressa, mas não fizemos bem o nosso trabalho na recuperação. Eles tiveram muitas segundas chances nos ressaltos.”

“É duro perder em casa num grupo apertado, mas vamos recuperar”, prometeu o camisola 25 das águias.

Andrea Mazzon, treinador dos russos, rejubilou com o sucesso

“Tínhamos muitas lesões, muitos problemas… Perdemos um jogo na Lituânia nos últimos minutos e ganhar aqui desta maneira foi muito importante para nós”, salientou Andrea Mazzon, treinador do Avtodor Saratov.

“Fomos rápidos a circular a bola. Somos uma equipa jovem, temos muito trabalho para fazer, mas estou muito orgulhoso dos meus jogadores pela forma árdua como lutaram nesta partida”, declarou o italiano.

Última atualização: 24 de novembro de 2017

Patrocinadores Basquetebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar