6 de dezembro de 2017, 14h00

Benfica prolonga contrato de Keaton Parks até 2022

Futebol

Médio-centro de 20 anos é uma das apostas de futuro. “Estou muito entusiasmado com esta caminhada”, disse o jovem norte-americano à BTV, ele que já se estreou pela equipa principal.

O Benfica procedeu à renovação do contrato de Keaton Parks, estendendo a ligação até 2022.

Com esta decisão, a SAD benfiquista liderada por Luís Filipe Vieira reforça a aposta feita no último mercado de verão, quando avançou para a aquisição do jovem médio-centro norte-americano revelado em Portugal, tendo então firmado um vínculo com a validade de quatro temporadas (até 2021).

“Sinto-me muito bem, estou muito entusiasmado por começar uma nova etapa no Benfica, continuar a minha caminhada aqui e ter a minha oportunidade com a equipa principal e com a equipa B à medida que avanço”, declarou Keaton Parks à BTV, após rubricar o novo contrato com o Benfica.

Nascido há 20 anos no Texas, Keaton Parks iniciou a temporada inserido no plantel do Benfica B e à terceira jornada da Ledman LigaPro já era titular na equipa treinada por Hélder Cristóvão, depois de ter sido suplente utilizado nas primeiras duas rondas da competição.

“Como era uma equipa nova, não tinha muitas expectativas, não sabia o que esperar, mas tem sido uma experiência fantástica. Jogar com a equipa B e ter a minha oportunidade também com a equipa principal: tem sido fantástico. Treinar com eles todos os dias, jogar ao fim de semana, tem sido bom. A equipa está a trabalhar bem este ano. Estamos a começar a conhecer-nos, a aprender como cada um joga, a criar química na equipa. Tem sido bom, tem sido uma boa experiência. O treinador ajuda-me muito, todos os técnicos me ajudam na equipa B. Os meus colegas falam muito comigo, ajudam-me e acho que tenho evoluído imenso desde que cheguei”, salientou o centrocampista.

Fruto do trabalho desenvolvido no Caixa Futebol Campus, no Seixal, e da qualidade mostrada nas ocasiões em que foi chamado aos treinos do plantel principal, nomeadamente nas pausas competitivas para compromissos das seleções nacionais, Keaton Parks foi premiado por Rui Vitória.

A primeira convocação aconteceu a 17 de novembro; no dia seguinte, o jogador estreava-se pela equipa principal em jogo da 4.ª eliminatória da Taça de Portugal disputado no Estádio da Luz perante o Vitória de Setúbal.

Keaton Parks

“Foi uma montanha-russa de emoções. Foi o realizar de um sonho, jogar num estádio grande diante de todos aqueles adeptos do Benfica. Foi uma noite louca para mim”, reconheceu.

Ao minuto 69 do desafio com os sadinos, Keaton Parks, correspondendo à ordem de Rui Vitória, largou o banco de suplentes e ouviu os aplausos dos adeptos no momento em que rendeu Pizzi.

“Tenho de admitir, estava um pouco nervoso ao preparar-me para entrar no campo, mas foi bom substituir o Pizzi. Admiro-o muito como jogador e quero jogar como ele, ser como ele, por isso foi uma grande experiência entrar para o lugar dele”, revelou Keaton Parks.

Pouco depois de pisar o relvado, o norte-americano pulverizou o nervosismo. “Sim, estava apenas concentrado em jogar, a minha cabeça estava no jogo e focada em dar o meu melhor. Quando entrei, o míster Rui Vitória disse-me para ir lá para dentro e dar o meu melhor e também para garantir que ficava posicionado atrás, porque estávamos a jogar para a vitória naquele momento”, disse o médio.

É diferente jogar a este nível, mas eu fui para este jogo com muita energia, estava pronto para jogar. Foi uma boa sensação, tive os meus primeiros minutos com a equipa”, acrescentou o jogador.

Na fase do jogo em que Keaton Parks foi lançado, o Benfica vencia por 1-0. Foram os primeiros 21 minutos oficiais do número 55 com a camisola da equipa principal colada ao corpo, ele que teve a possibilidade de participar no lance que conduziu ao 2-0 – apontado por Krovinovic, aos 80’, a passe de Cervi – e confirmou o apuramento do Benfica para os oitavos de final da Taça.

“Estar no campo quando fizemos o segundo golo e celebrar com todos os meus companheiros foi uma excelente sensação”, admitiu.

Keaton Parks e o presidente Luís Filipe Vieira

Pela equipa B, Keaton Parks totaliza, nesta altura, 751 minutos de utilização na Ledman LigaPro, tendo apontado dois golos neste período: o primeiro foi na receção ao Real Sport Clube, na sexta ronda da competição, e o segundo, também no Caixa Futebol Campus, ocorreu perante o Covilhã, na partida da 8.ª ronda.

O futuro é encarado por Keaton Parks com ambição e serenidade: “Continuar no Benfica, trabalhar muito e, se correr tudo bem, ter mais oportunidades na equipa principal, mais minutos nos jogos e provar a minha qualidade.”

Texto: João Sanches

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Comentários (2)

200 caracteres disponíveis

Submeter
Vasco Dorey • 07/12/2017

Grande Keaton, Rumo ao PENTA!!!

Responder

Diogo Fernandes • 07/12/2017

Será que este senhor vai ser alguém no nosso grande SLB?

Responder

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar