Futebol

15 janeiro 2019, 23h06

Equipa do Benfica na comemoração do golo

Eficaz e sólido em todo o encontro, o Benfica venceu em Guimarães por 0-1 e avançou para as meias-finais da Taça de Portugal. Rúben Dias fez a assistência e João Félix, também formado no Clube, atirou para as redes no lance que decidiu o duelo em casa do Vitória, naquele que foi o terceiro triunfo das águias sob o comando de Bruno Lage.

RESUMO DO JOGO

Miguel Silva, com uma defesa por instinto aos 2' a remate de Zivkovic, impediu o Benfica de praticamente abrir o jogo no Minho com a obtenção de um golo. A jogada não terminou com a bola no interior da baliza vimaranense, mas foi ilustrativa da forma aguerrida, determinada e ambiciosa como o Benfica atacou este desafio no Minho.

Com mais bola no primeiro quarto de hora do encontro, instalado quase em permanência na metade ofensiva do retângulo de jogo, o conjunto benfiquista beneficiou de um livre em boa posição para visar a baliza vitoriana, mas o tiro de Grimaldo, aos 13', errou as medidas do golo.

[GOLO: 0-1] Não foi pelo pé esquerdo de Grimaldo, foi pelo direito de João Félix, aos 14', que o esférico tomou o caminho das malhas do Vitória de Guimarães. Rúben Dias, no ponto A do eixo da Formação do Benfica, lançou a bola para o ponto B, onde o jovem atacante recebeu, dominou e chutou perante Miguel Silva, que ainda tocou no esférico, mas não lhe retirou as coordenadas do golo.

Os vimaranenses tentaram responder e, em duas bolas na área, Guedes (19' e 22') deu trabalho à defensiva do Benfica e a Svilar, o guarda-redes escolhido para esta partida.

Ainda antes do intervalo, os encarnados ameaçaram o 0-2. Um dos lances mais problemáticos para a equipa da casa foi desenvolvido pelo flanco esquerdo do Benfica, com João Félix a desmarcar André Almeida, que, já no interior da área, cruzou com muito perigo.

O segundo tempo do desafio principiou com uma alteração na equipa do Benfica: Fejsa foi rendido por Samaris, que se posicionou como médio mais defensivo do 4x4x2 concebido por Bruno Lage.

Casaco Entrada Adidas Benfica

Este período do encontro foi mais fechado, com o Benfica bem organizado defensivamente, não dando espaços para o adversário ameaçar seriamente a baliza de Svilar.

Salvio (rendeu Zivkovic aos 61') e Gedson (entrou para o lugar de Pizzi aos 85') participaram na gestão de jogo dos encarnados e contribuíram na solidez da equipa, que conduziu o encontro no sentido que lhe interessava. Pelo meio, Joseph, por uma falta cometida sobre Pizzi aos 72', deveria ter visto segundo cartão amarelo e consequente vermelho. O certo é que pouco depois, aos 75', foi retirado de campo (substituição) pelo treinador dos minhotos.

Missão cumprida no berço da nação: triunfo por 0-1 e apuramento para as meias-finais da Taça de Portugal, eliminatória onde as águias vão defrontar o vencedor do duelo Feirense-Sporting.

Texto: João Sanches

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Última atualização: 7 de fevereiro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Judo

Bárbara Timo | Ouro na abertura de ciclo

Entrou no Grand Slam de Paris com a fasquia baixa, saiu com a medalha de ouro. Bárbara Timo, judoca do SL Benfica, conquistou o 1.º lugar na categoria feminina de -63 kg no dia 16 de outubro, após vencer cinco adversárias na competição internacional. Em entrevista à BTV, a atleta falou sobre as metas que tinha para a prova, do novo ciclo, agora numa categoria de peso inferior, e dos objetivos que pretende alcançar até aos Jogos Olímpicos de Paris 2024.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar