7 de fevereiro de 2019, 15h15

Pizzi bate recorde de assistências

Futebol

Esta é já a temporada em que o médio totaliza mais passes para golo com a camisola do Benfica.

As assistências feitas nas duas vitórias do Benfica frente ao Sporting no espaço de quatro dias (2-4 na Liga NOS e 2-1 na Taça de Portugal) elevaram o registo de Pizzi nesta temporada: são já 12 passes para golo do camisola 21, que assim estabelece um novo recorde pessoal numa época, segundo a plataforma Playmaker Stats.

A 12.ª assistência ocorreu no dérbi disputado na noite de quarta-feira, referente à 1.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal. O Benfica venceu o Sporting por 2-1 e Pizzi assistiu desta forma para o primeiro golo do jogo...

A jogada do golo foi rápida e espetacular: Seferovic, com um pequeno toque, colocou o esférico à mercê de Salvio, que arrancou a grande velocidade pelo corredor direito, galgou vários metros, levantou a cabeça e fletiu para dentro, enquanto João Félix arrastava Ilori para o interior da área através da sua desmarcação. Os momentos seguintes foram de pura qualidade técnica: Pizzi recebeu o passe de Salvio e temporizou enquanto esperava a entrada de Gabriel nas suas costas. O camisola 8 das águias passou e o "rei das assistências" desenhou um passe açucarado que deixou o médio brasileiro na cara de Renan para poder disparar para o 1-0.

Esta foi o primeiro passe de Pizzi para golo na edição 2018/19 da Taça de Portugal. Juntando esta assistência às nove que leva na Liga NOS (fazendo dele o líder do ranking) e às duas que fez na Liga dos Campeões (a primeira no play-off e a outra na fase de grupos da competição europeia), o camisola 21 das águias perfaz um total de 12 passes para golo, sendo este o seu novo recorde pessoal ao serviço do Benfica.

Pizzi

Números no Benfica

ÉPOCA ASSISTÊNCIAS
2014/15 8
2015/16 11
2016/17 11
2017/18 10
2018/19 12

Pizzi

Envolvido em quatro dos seis golos nos dérbis

Pizzi foi uma das peças-chave no xadrez tático usado por Bruno Lage nos dois recentes dérbis. Para além de outras ações relevantes nas partidas, o médio encarnado participou em quatro dos seis golos que o Benfica marcou ao Sporting. No jogo da Liga NOS (3 de fevereiro), Pizzi assistiu para o cabeceamento de Rúben Dias que colocou o marcador em 1-3 para as águias. Mais tarde João Félix viria a sofrer uma falta dentro da área que originou o 1-4 para os encarnados através da marcação de uma grande penalidade. O camisola 21 assumiu a responsabilidade e não falhou perante Renan.

Na última noite de quarta-feira os intervenientes eram os mesmos, mas desta vez jogava-se para a 1.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal. O médio do Benfica assistiu para o primeiro golo de Gabriel ao serviço das águias (1-0) e envolveu-se na jogada que redundou no 2-0...

Aos 64', Pizzi executou um passe teleguiado para o domínio de Seferovic pela esquerda, colocando o avançado suíço em boa posição para cruzar. Efetuado o centro, João Félix recebeu e desferiu um remate que levou a bola a resvalar no pé esquerdo de Ilori e seguir para o interior das redes leoninas.

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar