8 de fevereiro de 2019, 16h04

Balanço da 1.ª Fase e o título nacional como objetivo

Futebol

Luís Nascimento (treinador), Alexandre Penetra (defesa-central) e Gonçalo Ramos (médio) reviveram os primeiros meses da competição e olharam para o futuro.

Terminada a 1.ª Fase do Campeonato Nacional de Juniores, faz-se um balanço da época e da competição que entra agora na parte decisiva. O primeiro jogo do Benfica na Fase de Apuramento de Campeão é no dia 17 de fevereiro frente ao FC Porto.

Luís Nascimento, treinador dos Juniores, Alexandre Penetra, defesa-central, e Gonçalo Ramos, médio, fizeram um apanhado daquilo que foi a 1.ª Fase do Campeonato, salientaram a importância da Youth League e apontaram o foco para a conquista do título nacional, em entrevista à BTV.

Balanço da 1.ª Fase do Campeonato

Luís Nascimento: "Um nível competitivo bastante exigente. Olhando à classificação nota-se uma superioridade evidente da equipa do Benfica e um nível muito competitivo nas restantes equipas. Fizemos uma primeira fase fantástica, com um registo competitivo muito interessante, e terminámos invictos, que é algo digno de registo e muito poucas equipas vão conseguir fazê-lo no futuro, mas não foi fácil. Este percurso foi fruto de muito trabalho de várias pessoas, principalmente dos jogadores e da anterior equipa técnica."

Alexandre Penetra (na foto): "Tanto ao nível individual como coletivo, todos evoluímos e isso é o mais importante. E a juntar a isso conseguimos fazer uma primeira fase invicta, sendo algo que fica marcado na história do Clube. Podemos retirar muito mais coisas positivas do que negativas."

Gonçalo Ramos: "Quero reforçar que, apesar de invictos, esta primeira fase não foi assim tão fácil como parece à primeira vista. Houve vários jogos que nós ganhámos na garra, na raça. Triunfos nos últimos minutos, que eu me lembre, foram dois, três jogos – Marítimo, Alverca e Belenenses..."

Experiências competitivas

Luís Nascimento: "O nosso principal objetivo, apesar da idade dos jogadores, é proporcionar-lhes uma experiência competitiva nas várias provas. Neste Clube interessa-nos sempre estar nas fases decisivas, e a partir do momento em que estamos nestas fases o número de jogos de carácter mais competitivo aumenta e vai permitir uma melhor evolução. O facto de termos vários jogadores de primeiro ano é bom, é sinal de que o Clube está a queimar algumas etapas na formação dos atletas."

Alexandre Penetra: "A nossa geração está habituada a ganhar. Foi fácil adaptar-nos aos atletas mais velhos, essa junção foi fácil de se fazer porque ao jogarmos no Benfica temos incutida a cultura de ganhar, por isso é muito fácil juntarmos duas gerações ambiciosas que nunca estão satisfeitas e querem sempre ganhar."

Gonçalo Ramos (na foto): "Normalmente os jogadores mais velhos são mais fortes fisicamente, são mais rápidos, mas depois é uma questão de adaptação e, ao final de 10/15 jogos, nós já estamos habituados e acabamos por crescer como jogadores nesse aspeto."

A importância da Youth League

Luís Nascimento (na foto): "A Youth League é uma competição muito importante para o Clube e para os atletas, é o torneio que dá maior visibilidade ao trabalho feito na formação, que mostra pela Europa fora o que nós fazemos de bem dentro do Benfica."

Alexandre Penetra: "É uma Liga dos Campeões de Sub-19 e isso só nos faz bem para crescermos e estarmos mais preparados para uma chamada à equipa A ou à equipa B, porque na Youth League já se joga muito a nível profissional."

Gonçalo Ramos: "A Youth League já é um nível acima, prepara-nos para jogar a Liga dos Campeões, daqui a alguns anos, no Estádio da Luz, por exemplo. É aqui que os melhores jogam contra os melhores."

Chamadas aos escalões superiores

Luís Nascimento: "O modelo de jogo não é de equipa, o modelo de jogo é do Benfica. A nossa adaptação é perfeitamente normal a um nível de jogo mais elevado onde encontramos atletas mais competentes, mas acima de tudo são jovens que continuam o seu percurso e o seu processo de formação. Apesar de já estarem numa fase mais avançada e mais próxima daquilo que é o futebol profissional, não nos podemos esquecer que são jovens, que continuam com o seu processo de formação e a nossa responsabilidade é tremenda."

Gonçalo Ramos: "O objetivo de qualquer jogador dos Juniores é chegar aos Sub-23 e à equipa B. As formas de jogar mudam um pouco consoante o treinador, mas é o Benfica, por isso temos de estar sempre preparados."

Alexandre Penetra: "Temos de estar sempre preparados para num fim de semana jogarmos nos Juniores, no fim de semana seguinte entrarmos em campo pelos Sub-23 e assim sucessivamente. Temos de olhar para isto como forma de completar o nosso crescimento."

 

Apuramento de Campeão

Luís Nascimento: "Vai ser um momento competitivo de excelência, muito disputado, independentemente de quem seja o adversário. Uma fase final é fantástica, a dificuldade aumenta, jogamos contra as melhores equipas e há uma grande responsabilidade por estar nesta fase."

Alexandre Penetra: "Todos os jogos são bastante importantes. O primeiro é com o FC Porto, mas depois todos os outros vão ser tão ou mais difíceis. Temos de estar mentalizados que não vai ser fácil, o nível de concentração tem de estar ao máximo."

Benfica-Sporting

O ambicionado título

Luís Nascimento: "Temos já um jogo contra o FC Porto no dia 17 de fevereiro. Caso não fosse esta equipa, seria outra, o jogo valeria na mesma três pontos e os níveis de exigência seriam os mesmos. Esta fase da competição obriga a uma maior responsabilidade da nossa parte. É importante percebermos que a primeira fase foi fantástica, mas já faz parte do passado. Agora volta tudo a zeros e temos de continuar a trabalhar para mostrar a nossa competência e assim vencermos os adversários."

Gonçalo Ramos: "O título nacional é sempre a nossa ambição. Vão ser 14 finais, todos os adversários são difíceis e, como tal, não vão haver jogos fáceis."

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: SL Benfica / Arquivo

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar