30 de março de 2019, 18h36

Benfica está a uma vitória da Final do play-off!

Voleibol

Triunfo sem contestação na Luz (3-1) coloca águias a vencer a eliminatória (2-0)… Domingo, às 18h30, todos ao Pavilhão n.º 2.

Depois de ter arrecadado a primeira vitória nos Açores, a formação do Benfica recebeu esta tarde, no Pavilhão n.º 2, a equipa da Fonte do Bastardo, numa partida relativa ao Jogo 2 das meias-finais do play-off do Campeonato Nacional de voleibol. E que jogão! Triunfo sem contestação de um enorme Benfica: 3-1 no jogo... 2-0 na eliminatória!

RESUMO DO JOGO

Espetáculo na Luz! Primeiro set de enorme emoção, com as duas equipas a dizerem presente e a mostrarem que querem muito marcar presença na grande final do play-off. Bancadas muito bem compostas, com mais uma vez a Família Benfiquista a responder ao apelo, e os jogadores, na quadra, a corresponderem.

Partida equilibrada, como era expectável, mas com ascendente da Fonte do Bastardo, que esteve mesmo a vencer por 18-24… Ora, o Benfica acreditou sempre, empatou aos 24 e forçou as vantagens. Aí, os açorianos foram mais eficazes e venceram por 24-26, colocando-se na frente do jogo (0-1).

Entrada em falso das águias no 2.º set, com a Fonte do Bastardo a colocar-se na dianteira! Aos poucos, o Benfica foi recuperando e conseguiu o empate aos seis pontos, assumindo a liderança no ponto posterior (7-6). Muita luta, muita raça em quadra, com a alternância do marcador a persistir até muito perto do final. Os encarnados puxaram dos galões, estiveram em vantagem, mas a Fonte do Bastardo aproximou-se e empatou aos 23… Emoção, intensidade, reação e, novamente nas vantagens, o Benfica foi superior: 31-29 e empate no jogo! Alucinante!

RESUMO DO 1.º E 2.º SETS

Que grande jogo de Voleibol! E depois de dois sets espetaculares… mais um! Tudo empatado no jogo e entrada determinada e muito convicta da formação comandada por Marcel Matz, a querer resolver o mais cedo possível. As águias carregaram e conseguiram uma vantagem de nove pontos (20-11)… e continuaram a carregar, dobrando o marcador (24-12) e fechando o 3.º set com um taxativo 25-12. Com este resultado, reviravolta, com o Benfica a colocar-se a vencer o jogo (2-1).

Ora, depois de dois sets pautados pelo equilíbrio, ambos decididos nas vantagens, o Benfica não deu qualquer género de hipótese no set seguinte, concretizando a cambalhota por números sem contestação… e o 4.º set foi tirado a papel químico! Que jogão do Benfica! A Fonte do Bastardo, sempre briosa e a acreditar, acabou por quebrar física e animicamente, com as águias a voarem para mais um triunfo pleno de muito qualidade, talento e classe, assente num coletivo de trabalho e à Benfica! Triunfo, por 25-14, no set e a consequente vitória no jogo, por 3-1.

Formação inicial do Benfica: Rapha, André Lopes, Peter, Theo Lopes, Honoré, Tiago Violas e Ivo Casas (L).

Contas feitas, com este resultado, e depois da vitória nos Açores, o SL Benfica dilata a vantagem na meia-final do play-off do Campeonato Nacional e está a apenas um triunfo – eliminatória à melhor de cinco – de carimbar presença na grande final da competição.

O Jogo 3 disputa-se no domingo, às 18h30, no Pavilhão n.º 2 da Luz. Em caso de triunfo, o Benfica fecha a eliminatória. Se tal não acontecer, a mesma segue para os Açores (Jogo 4).

Texto: Sónia Antunes

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar