5 de abril de 2019, 20h53

Benfica B confirma bom momento com terceira vitória seguida

Futebol

Diante do Farense, as águias alcançaram a 10.ª vitória no Caixa Futebol Campus nesta edição da II Liga.

A equipa B do Sport Lisboa e Benfica recebeu e venceu, esta sexta-feira, no Seixal, o SC Farense por 3-1, em jogo referente à 28.ª jornada da Segunda Liga.

RESUMO DO JOGO

No Seixal, frente a frente entre 5.º e 12.º classificados da II Liga. O Benfica veio de duas vitórias ante Penafiel e Estoril; o Farense venceu a última partida – SC Covilhã (1-0) –, mas antes lograra quatro derrotas em cinco jogos.

O Benfica B entrou melhor do que o adversário e teve em David Tavares o homem que tomou conta das despesas dos minutos iniciais. Aos 2’, rematou ao lado e aos 3’, voltou a estar perto do golo. O Farense tentava sair a jogar em transições rápidas, mas a pressão alta exercida pelos pupilos às ordens de Renato Paiva dificultava a tarefa dos algarvios.

Num momento em que a bola andava longe das balizas, surgiu o golo.

[GOLO: 1-0] À passagem dos 18’, Jota concluiu com um remate de pé esquerdo cruzado uma excelente combinação entre David Tavares e Nuno Santos, com este último a assistir o atacante para o 7.º golo na II Liga.

 Aos 21’, Jota quase fazia o bis, com um remate a papel químico do que dera o golo. Tiro cruzado de pé esquerdo, mas desta feita saiu ao lado da baliza defendida por Hugo Marques.

Mesmo em vantagem no marcador, o Benfica B continuava a carregar. Aos 32’, Nuno Tavares, lançado à largura no corredor esquerdo, fletiu para o meio e rematou de pé direito perto da baliza algarvia. Em resposta, o Farense, aos 34’, teve duas clamorosas oportunidades, ambas negadas por Fábio Duarte. Os remates foram de Mayambela primeiro e Fabrício depois.

[GOLO: 1-1] Alvarinho, ao segundo poste, empatou a contenda após cruzamento de Mayambela (36’).

Depois do tento do empate, o Farense recuou as linhas e fechou-se mais atrás da linha da bola. O jogo chegou ao intervalo, com um empate 1-1 no marcador.

RESUMO DA 1.ª PARTE

As equipas regressaram dos balneários sem alterações. No recomeço viu-se um Farense a pressionar mais alto e a condicionar o Benfica B na saída de bola desde o guarda-redes, como tanto gosta.

[GOLO: 2-1] Nuno Santos fez o 2-1 aos 50’ após excelente jogada coletiva. David Tavares lançou Jota em profundidade, o 73 cruzou atrasado para o médio-centro rematar para o golo.

Aos 57’, Nuno Santos, de cabeça, voltou a estar perto de ser feliz. O cruzamento foi da autoria de Willock, de pé esquerdo. Aos 64’, a turma de Faro voltou a estar perto do empate. Jogada da direita de Filipe Godinho, mas na pequena área ninguém empurrou para a baliza do Benfica B.

O Benfica B estava melhor no encontro e aos 69’ apareceram duas oportunidades claras de golo. Primeiro, num contra-ataque que começou numa recuperação de bola de David Tavares, passou por Jota e terminou com um remate de Willock defendido por Hugo Marques; segundos depois, na área, Pedro Henrique dominou, ultrapassou o guarda-redes do Farense, mas já não conseguiu rematar para a baliza deserta.

Aos 72’, Jota entrou na área pelo corredor esquerdo e foi abalroado. O árbitro assinalou grande penalidade a favor dos encarnados.

[GOLO: 3-1] Aos 73’, o 73 colocou o resultado em 3-1 para o Benfica B ao converter a grande penalidade. Bola para um lado, guarda-redes para o outro.  

O 4-1 esteve perto aos 81’. Jota recebeu na área, trabalhou bem e rematou, mas Hugo Marques agarrou o esférico com segurança.

O resultado não mais se alterou e o Benfica B venceu a partida, por 3-1.

Onze inicial do Benfica: Fábio Duarte; Simón Ramírez, Kalaica, Zec e Nuno Tavares; Vukotic (74', Diogo Mendes), Nuno Santos e David Tavares (79', Benny); Willock (84', Zé Gomes), Jota e Pedro Henrique.

Suplentes: Daniel Azevedo, Alex Pinto, Diogo Mendes, Benny, Bernardo Martins, Zé Gomes e Saponjic.

Boletim clínico: Vitalii Lystcov (status pós-cirúrgico ligamentoplastia no joelho esquerdo); Daniel dos Anjos (status pós-cirúrgico ligamentoplastia no joelho direito).

O Benfica B passa a somar 47 pontos e na próxima jornada desloca-se a Oliveira de Azeméis para disputar a 29.ª jornada da II Liga, diante da Oliveirense.

Renato Paiva

“Jogo bem conseguido e fomos muito competentes”

Renato Paiva (treinador do Benfica B): “[Benfica B] Esteve bem na identidade e na estratégia até aos 20’ da primeira parte. Posicionalmente fantásticos, entrámos fortes e chegámos muitas vezes à área do Farense. Depois houve jogadores a saírem das posições. Isso originou perdas de bola e falta de posse. Explicámos ao intervalo que há regras no jogo e sistemas táticos a respeitar. A segunda parte é quase toda nossa, a jogar por fora e por dentro. Fizemos uma excelente segunda parte. Jogo bem conseguido e fomos muito competentes.”

Nuno Santos (jogador do Benfica B): “Um jogo bem conseguido da nossa parte, com controlo de bola, qualidade e muitas oportunidades, nomeadamente na segunda parte. Na primeira parte houve mais equilíbrio. Estou feliz também em termos individuais com a minha exibição. O Farense estava com as linhas baixas, tivemos de ter muita paciência. Conseguimos e alcançámos mais três pontos nesta caminhada.”

Texto: Marco Rebelo

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar