20 de abril de 2019, 16h29

Ponta final de emoções fortes sorriu aos encarnados

Andebol

O Benfica recebeu e venceu o Belenenses na 3.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional de andebol.

Emoções até ao fim no Pavilhão n.º 2 da Luz! A equipa de andebol do Benfica venceu o Belenenses por 32-31, em jogo relativo à 3.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional. Com este triunfo as águias somam 43 pontos e estão no 3.º lugar da classificação.

RESUMO DO JOGO

Os minutos iniciais no Pavilhão n.º 2 da Luz ficaram marcados por um jogo de parada e resposta, sendo que o Benfica tomou a liderança do marcador. Aos 7' as águias venciam por 5-3.

Os encarnados começaram a acelerar processos e a vantagem foi-se dilatando (9-5). A sociedade de Belone Moreira com João Pais ia dando frutos. Dois lances seguidos em que o camisola 11 colocou a bola em João Pais e o atleta benfiquista, a partir da ala esquerda, desviou o esférico do guardião do Belenenses.

A formação azul conseguiu encurtar distâncias, muito devido à exibição do seu guarda-redes, Roney Franzini, que efetuou uma sequência de três defesas consecutivas. Os comandados de João Florêncio afinaram as finalizações e aos 17' o resultado era 10-7.

Uma tarde inspirada para os guarda-redes das duas equipas. Miguel Espinha, com grandes intervenções, ia permitindo ao Benfica continuar na dianteira do marcador. A equipa de Carlos Resende ia controlando as operações e ao intervalo liderava por 16-12.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Entrada forte do Belenenses no 2.º tempo com quatro golos nos primeiros quatro minutos, permitindo reduzir a diferença no marcador para apenas um golo (17-16). Miguel Espinha, guardião do Benfica, ia defendido como podia, mas o Belenenses acabou mesmo por empatar aos 40' (17-17). 

O ascendente dos azuis continuava e pela primeira vez no desafio conseguiram estar na dianteira do marcador e com uma vantagem de três golos (17-20). Carlos Resende pediu um tempo técnico, reuniu as tropas e afinou a estratégia para os minutos que se avizinhavam. 

Andebol Benfica

O tempo pedido surtiu efeito e os encarnados voltaram a aproximar-se do Belenenses (23-25), começaram a penetrar mais vezes no interior da defesa contrária e os golos foram surgindo, mas do outro lado continuava uma equipa forasteira que não queria desarmar da liderança.

O Benfica colocou as suas unidades mais ofensivas, os adeptos presentes no Pavilhão n.º 2 da Luz iam puxando pela equipa e as águias voltaram a empatar a partida aos 55' (28-28).

Minutos finais frenéticos no pavilhão encarnado com a indecisão no vencedor a arrastar-se até ao derradeiro segundo. Os da Luz foram mais fortes e Belone Moreira, na conversão de um livre de sete metros, estabeleceu o resultado final em 32-31.

Os golos da equipa encarnada foram apontados por João Pais (6), Carlos Martins (6), Nuno Grilo (6), Belone Moreira (5), Pedro Marques (2), Kévynn Nyokas (2), Ricardo Pesqueira (1), Paulo Moreno (1), Fábio Vidrago (1), Ales Silva (1) e Borko Ristovski (1). 

Formação inicial do Benfica: Miguel Espinha, João Pais, Arthur Patrianova, Pedro Seabra, Belone Moreira, Carlos Martins e Paulo Moreno.

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar